Isto é o que seu bebê sente quando você ri durante a gravidez

Durante a gravidez seu bebê consegue reagir a estímulos exteriores. Descubra como ele reage quando você ri.

28
4109

Sabe aquelas risadas profundas? Aquelas que curam sua alma e trazem lágrimas de felicidade? Acontece que esses não são apenas momentos maravilhosos para você – eles são lindos para o seu bebê, ainda dentro da barriga.

Durante seis meses, o seu embrião é afetado por suas emoções, de acordo com a pesquisa da Associação de Ciência Psicológica dos Estados Unidos. Os efeitos são tão poderosos que sua saúde emocional pode influenciar as atitudes do seu bebê.

O que você come, como você gerência o stress, lida com a depressão, cuida do seu corpo – todas essas coisas efeito naquele bebê que se desenvolve em seu útero. O seu riso afeta o seu bebê.

1. É como uma montanha-russa

Fisicamente, um bebê se move para cima e para baixo quando a mãe ri.

“Quando estamos observando o feto no ultrassom e a mãe começa a rir, podemos ver o feto, flutuando de cabeça para baixo no ventre, saltando para cima e para baixo, como se estivesse num trampolim”, refere Janet DiPietro, pesquisador e professore na Universidade John Hopkins, em Baltimore, EUA.

“Quando as mães observam isso na tela, elas riem mais e o feto vai para cima e para baixo ainda mais rápido. Nós nos perguntamos se é por isso que as pessoas crescem gostando de montanhas-russas”, acrescenta o investigador.

“A longo prazo, rir melhora a sistema imunológico, alivia a dor e aumenta a sensação de bem-estar.”

DiPietro fez diversas pesquisas sobre fetos. Doze semanas antes de seu bebê nascer, já está se comportando como um recém-nascido. Isso significa que o seu riso afeta suas emoções, bem como movimento.

2. O seu humor é transferido (de certa forma) para o seu bebê

Ansiedade, estrese ou depressão afetam seu bebê. As mamães que estão muito ansiosas durante a gravidez têm maior probabilidade de ter bebês ansiosos e com cólicas. Bebês nascidos de mães deprimidas são 1,5 vezes mais propensos a ter depressão aos 18 anos de idade e têm mais problemas emocionais, como a agressão.

Isso ocorre porque seus hormônios podem passar para a placenta e, seguidamente, para o seu bebê.

Obviamente, ansiedade e depressão são difíceis de controlar, então tente fazer algo para aliviar os hormônios: rir muito. O riso torna-a mais feliz.

Quando ri, respira mais oxigênio, o que aumenta as endorfinas liberadas para o seu cérebro. Isso ajuda a relaxar, liberando a tensão muscular e estimulando a circulação. A longo prazo, rir melhora a sistema imunológico, alivia a dor e aumenta a sensação de bem-estar.

3. Seu bebê está memorizando seu riso

Assim como você já está conhecendo seu bebê por nascer, ele está começando a conhecê-la.

Pesquisas mostram que a frequência cardíaca do seu bebê diminui quando você fala. Sua voz, seu riso, seu canto e seu choro são familiares ao seu bebê. Ele reconhece isso, e fica mais calmo.

4. Dias em que você não consegue rir

Todos temos dias ruins. O estresse ocasional ou os dias ruins não terão efeitos duradouros sobre o bebê. Tome um banho longo, respire profundamente, faça uma atividade relaxante ou desfrute de um dia dedicado cuidar de si mesma E, sempre que possível, deixe seu bebê sentir a sensação deliciosa de seu riso.

Compartilhe bons momentos com o seu bebê!

28 Comentários