5 benefícios do sexo durante a gravidez

Prática pode, inclusive, ajuda ao parto

0
8058

Muitos casais têm dúvidas sobre como manter a vida sexual no período da gravidez. Entre os temores está a possibilidade de um aborto ou mesmo de prejudicar o bebê.

A verdade é que o sexo só é contra-indicado durante o período de gestação se houver indicação do médico após avaliar algum tipo de risco. Se a prática for liberada pelo ginecologista que acompanha o pré-natal, não há problemas.

Para que o sexo durante a gravidez seja, efetivamente, uma fonte de prazer, é importante sentir-se confortável e obedecer aos sinais do corpo.

E o que o bebê sente? Nada! Quer dizer, ele pode até sentir alguma movimentação, mas nada diferente do que quando a mamãe faz algum movimento mais brusco no dia a dia. Então, para os casais que tem medo de machucar o bebê, fiquem tranquilos. Se feito com segurança e com respeito às limitações do corpo nesse período, o sexo só traz benefícios!

Conheça 5 benefícios do sexo durante a gestação:

1. O movimento criado pelo orgasmo ajuda no fortalecimento dos músculos da pélvis e facilita a retomada do corpo após o parto;

2. O orgasmo ajuda a fortalecer os músculos da bexiga e  evita perdas de urina que são comuns durante a gravidez, principalmente quando a mulher espirra ou tosse;

É importante sentir-se confortável e obedecer aos sinais do corpo.

3. A composição do esperma pode ajudar a prevenir a pré-eclâmpsia, conforme resultados de um estudo de pesquisadores da Dinamarca;

4. Sexo ajuda a manter normalizados os níveis de pressão arterial.

5. O sexo é responsável por aumentar a produção de ocitocina, o chamado hormônio do amor, que reduz o estresse e aumenta a sensação de bem estar.

Relacionado: Isto é o que seu bebê sente quando você ri durante a gravidez

Essa dica foi útil? Então compartilhe!