Cuidados diários: o que colocar no trocador do bebê

Veja quais itens você precisa ter sempre à mão para facilitar a higiene do bebê 

0
432

O trocador do bebê precisa ser pensado com carinho não só pela praticidade, mas também pela segurança do pequeno.

A troca de fraldas deve ser feita em um local que garanta, também, o conforto da mãe.

Nesse espaço devem estar todos os produtos necessários para garantir que a troca também seja rápida.

Como organizar um trocador de fraldas?

Trocadores são vendidos em lojas especializadas e têm diversas texturas. A diferença está na finalidade, porque há o trocador de usar em casa e o que pode ser carregado na bolsa do bebê.

O trocador usado em casa é, em geral, mais grosso, e tem uma capa lavável que pode ser retirada. Ele também pode ser forrado com uma fralda de pano a cada troca para garantir o conforto do bebê.

Há kits de higiene específicos para usar em casa e para sair

Aqueles que devem ficar na bolsa para a saída com o bebê têm os mesmos itens do kit da casa, mas a diferença está na quantidade de produtos, que é menor.

Quais produtos colocar no trocador?

1. Um recipiente para as fraldas: no primeiro mês até 10;

2. Recipiente com água morna;

3. Recipiente com algodão;

4. Pomada contra assaduras;

5. Uma muda de roupa para qualquer “acidente”;

6. Cotonete;

7. Álcool;

8. Duas fraldas de pano: uma para forrar e outra para colocar sobre os meninos quando começarem a fazer xixi;

9. Álcool em gel para limpar as suas mãos quando acabar;

10. Lixeira ao lado do trocador para jogar a fralda.

 O que deve haver na bolsa do bebê?

1. Fraldas: 1 para cada 2 horas em que vai ficar fora;

2. Lenços umedecidos;

3. Pomada para assaduras;

4. Álcool;

5. Algodão;

6. Saco plástico para descartar a fralda;

7. Álcool em gel para as mãos da mãe;

8. Fralda de pano para forrar o local onde o bebê será trocado;

9. Manta;

10. Roupa reserva para o caso da temperatura cair; gorro, meia e luva;

11. Babador, fralda de boca e fralda extra de pano;

12. Papinha;

13. Colher (deve ser colocada em um pote fechado);

14. Fórmula, para os bebês que não mamam mais no peito;

15. Remédios e a respectiva receita médica.

Relacionado: Quantas fraldas, em média, gasta um bebê?