Conheça aqui as vantagens e desvantagens da cesariana e do parto normal!

O parto é um momento delicado, seja para a mãe ou para o bebê.

1
1332

Um nascimento não é um processo fácil, seja por que método for, sobretudo para a mãe que deve ter preparação física e mental, de modo a facilitar o momento. Existem dois métodos para realizar o nascimento de maneira mais segura possível: a cesariana ou o parto normal. E escolher o método adequado depende de alguns fatores, como a condição de saúde materna e a posição do bebê.

Neste artigo, vamos evidenciar as vantagens e as desvantagens de ambos os métodos, de forma a poder (se possível) optar pela forma mais confortável e segura, tanto para o bebê, como para a mãe.

1. Cesariana

Vantagem (para mãe):

  • É preferível parto normal, pois este método não confere muitas vantagens para a mãe. Contudo, se for mesmo necessário, a cesariana oferece a possibilidade de agendamento, para que a mulher possa se preparar melhor.

Desvantagens (para a mãe):

1. A mãe terá de ficar no hospital mais tempo, de dois a quatro dias. As complicações na cesarianas são três vezes maiores do que em partos normais, por fatores como a anestesia, chances de criação de coágulos sanguíneos e infecções, segundo uma pesquisa francesa.

2. Anomalias da placenta e ruptura do útero são dificuldades possíveis no pós-parto.

3. A bexiga e o intestino são órgãos que podem ser atingidos no decorrer da intervenção.

4. Devido à imensa perda de sangue, as infecções são mais prováveis de acontecer.

5. Diversas mulheres lamentam-se com dores no lugar da cirurgia, depois do parto.

6. Em relação à cicatriz, ela demora alguns meses até ser totalmente curada.

Desvantagem (para o bebê):

  • Pesquisas revelam que os riscos para o bebê na cesariana são o dobro dos do parto normal. Existem elevadas chances de dificuldades respiratórias para os recém-nascidos. Além disso, em relação à anestesia geral, eles também podem sofrer com ela.

2. Parto normal 

Vantagens (para mãe):

  • As mães podem fazer parte do parto de forma ativa, sendo que esta experiência costuma ser positiva para elas.
  • A recuperação do parto normal é menor, fazendo com que a mãe possa contatar com o filho, imediatamente.

Vantagens (para o bebê):

  • Sendo que os músculos do bebê são estimulados no decorrer do parto, é mais fácil liberar os fluidos retidos nos pulmões. Isto é muito importante já que esses fluidos podem provocar dificuldades respiratórias nele.
  • Os bebês, no parto normal, fazem absorção de bactérias boas, que vão conservar o sistema intestinal e reforçar a imunidade deles.

Desvantagem (para a mãe):

  • A gestante, como não sabe como vai decorrer o processo e quanto tempo vai demorar, pode sentir imensa ansiedade e estresse.

Desvantagem (para o bebê):

  • Caso o parto demore muito ou o bebê seja muito grande, pode prejudicá-lo. Certas feridas na clavícula ou no couro cabeludo podem surgir.

Se estiver grávida e anseia pelo momento do parto do seu bebê, informe-se com o seu médico obstetra, para saber qual o método que deve optar. A sua saúde e a do seu bebê podem depender desta opção!

Compartilhe com as mamães (ou futuras mamães) que você conhece!

1 Comentário

  1. Não sie por que condenam tanto o parto cesaria. pois eu sou defensora deste tipo de parto. graças ao parto cesaria meu filho nasceu, como ele eu não tive passagem para o normal, meu filho passou da hora de nascer e fez cocô na minha barriga. nem minha bolça estouro, quem estourou minha bolça foi o medico. fizeram uma cesaria de emergência. fiquei aflita, pois eu ouvia falar que é muito perigoso. mais deu tudo certo, toda manhas vinha uma enfermeira pega ele para fazer enxame em relação ao tamanho, pois quando ele nasceu foi considerado grande para um recém – nascido, ele nasceu com 55cm, mas tirando isso foi tudo muito bem. meu filho fico comigo da hora que nasceu ate o dia irmos para casa.