Mãe salva filho com leite materno

Uma história emocionante entre mãe e filho

0
218

Trisha Long Bell, cidadã americana, tinha o sonho de poder ser mãe. Esse sonho mostrava-se impossível após 7 abortos espontâneos. Mas um milagre aconteceu e finalmente deu á luz ao seu “primeiro milagre”. Esse primeiro milagre chamava-se Urijah.

Mas os problemas continuavam. Podendo apenas amamentar o seu filho por 3 meses, ela mais tarde conseguiu engravidar novamente dando á luz a Ezrah. Mas esse parto não correu como esperado. O bebê nasceu sem vida. Após 11 minutos os médicos finalmente conseguiram ressuscitar o bebê, mas a falta de oxigénio resultou em uma lesão cerebral.

Trisha estava deprimida pois os médicos lhe tinham dado a noticia que o seu bebê não teria uma vida saudável. Que era melhor desligar as máquinas. Trisha recusou e após ter chorado, e rezado pelo seu bebê, fez a única coisa que lhe era possível fazer: amamentar o bebê.

Mesmo tendo havido problemas antes com o seu primeiro filho, ela recorreu a forças que tinha e que não tinha para o fazer. Ela amamentou Erzah, mesmo não sabendo o quão importante a sua fé e seu leite seriam para ele.

O leite materno tem o poder de curar os nossos filhos, desde que haja fé.

Após 14 meses de vida do pequeno Erzah, Trisha comenta: “O meu leite ajudou na cura da lesão. Eu sei. O corpo das mulheres têm essa capacidade fantástica de dar tudo pelos nosso filhos. Estamos conectados com eles para o bem e para o mal.”

A história de Trisha foi escrita em uma única imagem. Imagem essa que Trisha promete nunca esquecer.

Imagem que conta a história de Trisha Long Bell

Esta é de fato uma história marcante que demostra como o leite materno tem o poder de curar os nossos filhos, desde que haja fé.