8 frases que você não deve dizer para uma mulher que perdeu o bebê

Embora o aborto espontâneo seja comum, nem sempre sabemos o que falar num momento tão difícil

0
779

Infelizmente, o aborto espontâneo é uma realidade para muitas mulheres: segundo a organização March of Dimes, especializada em melhorar a saúde de gestantes, 10 a 15% das gravidezes é interrompida espontaneamente antes da 13ª semana.

Apesar de comum, o aborto espontâneo continua sendo um tabu: muitos de nós julgam que o melhor é nem tocar no assunto ou desvalorizar, mas, na verdade, dar o nosso apoio às mulheres que passaram por esse problema é fundamental. Daí que seja tão importante saber o que dizer – ou não – nessa hora tão difícil.

Saiba que 8 frases você deve evitar:

1. “Ainda não era mesmo um bebê”

Para muitas gestantes, a ligação afetiva com o seu bebê começa no momento em que descobrem que estão grávidas. Por isso, mesmo que o período de gestação tenha sido curtíssimo, aquele bebê era real para elas. A sua vida se transformou por completo e a sua cabeça já estava repleta de planos e sonhos.

2. “Pelo menos, não foi num estado mais avançado”

É verdade que quanto mais tarde ocorrer o aborto espontâneo, mais complicações a gestante pode sofrer. Mas essa frase é uma forma errada de tentar diminuir a dor da mulher, perpetuando a ideia de que a perda do bebê logo nos primeiros meses não é um evento triste. A dor física e psíquica é muito real, mesmo num aborto que ocorre logo no começo da gestação.

“A dor física e psíquica é muito real, mesmo num aborto que ocorre logo no começo da gestação”

3. “Não era para ser”

Com essa frase, você pode insinuar que a mulher fez algo de errado ou não tem capacidade para ser mãe, daí ter ocorrido o aborto.

4. “Bom, pelo menos você pode engravidar de novo”

Há muitas mulheres que lutam com todas as suas forças para tentar engravidar. Mas raramente esperar um bebê é o objetivo final delas: esse é somente o primeiro passo para viver uma vida ao lado de um filho.

5. “Isso acontece com todo o mundo. Não é nada de mais”

Essa é uma frase devastadora. O aborto espontâneo pode ser comum, mas isso não significa que a mulher não precisa de mais compaixão e apoio.

6. “Se você tivesse feito isso…”

Instintivamente, a mulher já se sente culpada pela perda, se questionando o que deve ter feito de errado ou por que o seu corpo falhou. A última coisa que ela precisa é de escutar esse tipo de frases vindas de alguém que devia ser um apoio importante.

7. “Você vai ficar boa em poucos dias”

Algumas mulheres têm um período de luto pequeno após um aborto espontâneo. Tudo certo. Mas, para outras mulheres, essa fase se prolonga. Nesses casos, é errado dizer que tudo passa em pouco tempo. Os efeitos físicos de uma perda como essa podem durar semanas, sem esquecer as consequências psíquicas.

8. “Seja grata pelos filhos que você já tem”

Quando alguém está sofrendo, a maioria de nós já sabe que dizer frases do tipo “não há nada a fazer, só aceitar e seguir em frente” não é a melhor das ajudas, certo? Isso também é válido para as mulheres que até já têm filhos, mas estão sofrendo com um aborto.

Relacionado: Sofreu um aborto espontâneo? É direito seu ficar de luto

Conheça outras frases que você deve evitar. Assista a esse vídeo:

Achou esse artigo útil? Compartilhe com os seus amigos!