Obstrução nas trompas e aderência, como resolver e engravidar?

Há situações que dificultam e muito a gestação

0
820

As trompas de falópio são as responsáveis pela captação e transporte do óvulo. Nelas acontecem o primeiro estágio da gravidez: a fertilização.

É por isso que uma gestação não acontece se houver o impedimento da passagem do óvulo e dos espermatozoides.

Entre os motivos que levam à obstrução das trompas estão:

1. Endometriose;

2. Cicatrizes;

3. Infecções bacterianas, como a clamídia;

4. Laqueadura.

A possibilidade de reverter a obstrução das trompas só pode ser avaliada pelo médico. Para isso é feito um exame de nome complicado, a histerosalpingografia.

Esse exame é feito da seguinte maneira: um líquido chamado contraste é injetado na cavidade vaginal. Ao mesmo tempo, é feita a observação por imagem para saber se o líquido preenche todo o útero e as trompas.

Caso exista alguma massa no caminho, o médico vai estudar o que se trata, se é uma aderência, cicatriz ou outro indicativo, como miomas ou pólipos.

Depois de avaliada a condição da trompa, o médico vai indicar o medicamento adequado. Algumas situações, contudo, só são resolvidas com cirurgia. Esse é o caso da laqueadura, que só é revertida cirurgicamente.

Se nenhum tratamento for suficiente é possível que o médico recomende a fertilização in vitro

Todo o processo depende de tranquilidade e paciência. A melhor forma de garantir uma gravidez saudável é contar com acompanhamento médico adequado.

Todas as perguntas podem ser feitas e merecem a devida atenção. Este é um momento importante e dúvidas não podem ser desconsideradas.

Tire suas dúvidas sobre a histerosalpingografia no vídeo abaixo:

Relacionado: Descubra se o seu útero realmente está bem