10 maneiras de o pai participar dos cuidados nos primeiros meses do bebê

Cada um tem seu papel na hora de tratar o pequeno

0
2625

Bebês cuja mãe conta com um companheiro terão a atenção dividida. Isso quer dizer que não cabe somente à mulher o papel de cuidar do pequeno, ainda que ela fique responsável pela amamentação, no caso do aleitamento materno.

Os cuidados com o bebê são divididos e isso ajuda na recuperação da mulher e melhor desenvolvimento da criança.

A participação da mulher e companheiro dinamiza os cuidados e facilita as tarefas

Conheça 10 formas de participação no cuidado com os bebês

1. A participação ativa deve começar já no pré-natal, com o acompanhamento das consultas e preparo para a chegada da criança.

2. Se for possível, o companheiro pode assistir ao parto. Essa possibilidade é aparada por lei. Além de dar segurança à mãe, os primeiros cuidados serão facilitados porque ela estará em recuperação.

3. Existe um instrumento denominado licença-paternidade, que dura cinco dias. É para dedicação ao bebê e à mãe.

4. Banhos, trocas de fraldas e embalo podem ficar à cargo do companheiro enquanto a mãe se recupera. Aos poucos, essas tarefas são divididas.

5. Dar atenção na hora da mamada e ajudar a fazer o bebê arrotar.

6. Acalmar o filho no momento da cólica.

7. Ficar encarregado das tarefas de rotina em que a mãe, por estar em recuperação, terá mais dificuldade em realizar.

8. Dar tranquilidade à mãe, que estará fragilizada. Dar segurança também é importante.

9. Revezar nos passeios para a mãe conseguir descansar.

10. Estimular o bebê conforme a idade.

Relacionado: Pais também precisam de atenção antes da gravidez