Relação entre avós e netos: é importante desenvolver e estimular

Não há nada como o carinho dos avós! Saiba como esse convívio entre avós e netos é fundamental para ambas as partes.

0
798

O convívio entre gerações é importante. É crucial para o desenvolvimento psicológico dos mais novos e fundamental para manter a saúde física e mental dos avós.

É estabelecida uma relação de vantagens mútuas que deve ser promovida e estimulada pelos pais.

Convivência entre avós e netos traz benefícios extraordinários para ambos

De acordo com uma pesquisa desenvolvida na Universidade da Califórnia, foi comprovado que os avós que estão na posse de todas as suas faculdades mentais ajudam a criar adultos com maiores capacidades de sobrevivência. Família é família, não é?

Isso acontece não só pelo vínculo familiar, mas por que estão lúcidos o suficiente para transmitir ensinamentos e fazer com que as crianças testem suas capacidades diariamente. O oposto também se verifica. Doenças como o Alzheimer são mais frequentes em idosos que não são diariamente estimulados pelas necessidades dos netos. A relação obriga a que os avós se mantenham sãos para prestar cuidados aos netos, e que os netos ficam mais desenvoltos com a aprendizagem que recebem dos avós. É uma relação que traz benefícios extraordinários para os dois!

Um estudo elaborado pela Universidade de Boston, nos Estados Unidos, conclui que a influência da convivência entre os idosos e as crianças é muito positiva. Tantos os avós como os netos tiram grandes vantagens da ligação entre ambos e vivem com mais qualidade de vida! No caso dos mais velhos, esta relação vai permitir que se mantenham atualizados e, consequentemente, mais receptivos à novidade. Os mais novos, por sua vez, vão poder beneficiar dos ensinamentos dos mais velhos, e dos valores por eles incutidos que vão imputar na evolução da sua personalidade.

Vantagens da convivência entre avós e netos

Os avós têm grandes experiências de vida e uma sabedoria infinita que vão adorar transmitir aos netos. Esse ato de compartilha vai ser importante para suprimir sintomas ligados à depressão, em ambos os casos.

A grande vantagem dos avós é que agora têm o tempo para dedicar aos netos que não puderam ter quando tiveram filhos. O momento da vida dos avós tem, normalmente, mais tempo sobrando, o que permite que acompanhem as crianças com outro cuidado. Os netos são um bom pretexto para passear e exercitar e isso é muito benéfico para a saúde física e mental dos mais velhos.

Claro que no caso em que os netos são deixados aos cuidados dos avós durante o horário de trabalho dos pais, é preciso criar alguns limites. Os avós devem respeitar as regras impostas pelos mais, e exercer alguma disciplina. É um processo muito cansativo, por isso é importante que os avó dediquem o seu tempo também às relações adultas.

Superando obstáculos com as novas tecnologias

O mundo evoluiu, e é normal os jovens abandonarem o lugar onde nasceram para abraçarem novos desafios numa outra cidade ou países. Esse fenômeno torna o contato físico entre avós e netos um pouquinho mais complicado. Mas não há razão para que os avós não tenham uma presença positiva na vida dos mais pequenos. As novas tecnologias permitem que esse muro que a distância construir seja facilmente derrubado.

Num mundo com internet e telefone celular não há por que não manter essa ligação. As regras são necessárias, mas é bom que as crianças tenham acesso a esses meios para que possam manter a conversa com seus queridos avós!

Gostou do tema? Veja esse vídeo e saiba o que há mais para aprender sobre o relacionamento entre avós e netos:

Compartilhe essa dica!