Movimento de rolar do bebê representa autonomia

Esse é um marco de desenvolvimento para o pequeno

0
1507

Lá pelo quarto mês, os bebês começam a rolar. É nessa hora que a atenção para as quedas ficam redobradas.

O movimento de rolar significa evolução do organismo do pequeno. Ele está, agora, com a musculatura mais forte e isso é uma importante conquista. Logo estará sentando, engatinhando e andando.

Nessa fase, o bebê vira de barriguinha para cima e faz o movimento contrário também. Essa é uma forma de fortalecer a musculatura dorsal que será a base para as ações mais complexas que dependem do equilíbrio.

É possível estimular o bebê colocando brinquedos para que tentem pegar. Isso ajuda a criança a conhecer o próprio corpo.

Aos poucos, ele vai ganhando autonomia e percebendo o ambiente em que vive

Para que os movimentos realmente sejam plenos e possam indicar o início de outras conquistas, é preciso estimular.

Quando isso não acontece, as próximas etapas podem ser retardadas e a musculatura do bebê poderá ficar enfraquecida.

Alguns bebês demoram mais que outros para fazer o movimento de rolar. Como no primeiro ano o acompanhamento do desenvolvimento do bebê é mensal, o pediatra é quem vai apontar se tudo está dentro da normalidade.

Relacionado: 20 fatos sobre o primeiro ano de vida do bebê