Sexo pós-parto: o que pode e o que não pode

Após o parto, o corpo ainda está sentindo as mudanças, mas o sexo não é proibido

0
5296

Desde que descobrimos a gravidez, até o período pós-parto, percebemos todas as mudanças que nosso corpo enfrenta. Mas não é apenas o nosso corpo que passa por transformações. A rotina muda, os hormônios mudam, até mesmo a vida sexual fica diferente.

Após o nascimento do bebê, muitas mulheres sentem-se diferentes em relação à sua região vaginal.

Antes da gravidez, o útero pesa cerca de 50 gramas, no fim da gestação ele chega a pesar 1 kg.

A musculatura do útero se estende e as medidas do corpo da mulher aumentam por causa da passagem do bebe. Antes da gravidez, o útero pesa cerca de 50 gramas, no fim da gestação ele chega a pesar 1 kg. É aí que muitas mulheres se queixam da sensação de alargamento da vagina.

Mas na verdade sua vagina não fica mais larga com uma gravidez. A perda de elasticidade só deve acontecer, caso você tenha muitos partos seguidos e, apesar de o parto normal ter uma recuperação mais rápida, é importante manter o período de 40 dias para o resguardo.

Isso acontece porque é necessário esperar o útero voltar ao normal e o colo do útero se fechar novamente. Antes de voltar a praticar sexo após o parto, a secreção e o sangramento, que são comuns nessa fase, precisam ter cessado para que não hajam infecções durante as relações sexuais.

Penetração, pode?

Infelizmente, não! O período de 40 dias para o resguardo proíbe a penetração vaginal ou anal, mas todo casal sabe que existem outras maneiras de fazer sexo. Sexo oral, masturbações ou massagens são algumas saídas que os casais podem aproveitar para não passar vontade.

É comum algumas mulheres não sentirem vontade de fazer sexo após o parto

Mas e se você não sentir vontade de fazer sexo? Não se preocupe! Não é porque o seu período de resguardo se encerrou, que significa que você esteja preparada para voltar a fazer sexo. Até porque, é comum que a mulher fique completamente focada nos cuidados com o bebê, e deixe de lado algumas de suas necessidades fisiológicas. Mas com o passar do tempo, tudo vai voltando ao normal.

E se eu sentir dor?

Isso também é normal. Após tanto tempo sem praticar sexo, é possível que você sinta aquele ardor da primeira vez, podendo até haver um pequeno sangramento. Isso acontece por causa do ressecamento natural que a vagina sofre durante o período de abstinência.

Além disso, é liberada uma grande quantidade de oxitocina durante o sexo e esse hormônio ativa a produção de leite, fazendo com que você possa liberar um pouco de leite durante o sexo.

Relacionado: 15 Acontecimentos que marcam o pós-parto

Mas tome cuidado! Apesar de a produção do leite inibir a menstruação, é sim possível que você engravide novamente. Como alguns bebês mamam de forma irregular, pode ocorrer uma ovulação e o retorno da menstruação. Para não correr esse risco, existem contraceptivos que podem ser tomados durante a amamentação. É importante lembrar que você só deve tomar remédios indicados pelo seu médico.

O que você pensa sobre esse assunto? Conte-nos sua experiência através dos comentários e lembre-se de compartilhar esse artigo com suas amigas.