Como acalmar o choro do bebê

Veja as melhores formas!

0
21558

Tem dia que, por mais que a gente tente, não consegue acalmar o choro do bebê. Mas você sabia que existem posições que ajudam a deixá-lo mais tranquilo?

Confira as melhores posições para segurar e acalmar o bebê.

Antes de nascer, o mundo do bebê era quentinho, com um som constante e familiar. Ele ficava apertadinho, protegido e acolhido na barriga da mamãe.

De forma brusca, esse mundo deixou de existir. Frio, sons estranhos e altos, além da mobilidade do corpo ainda desconhecida, tornam o mundo bastante irritante, para não dizer assustador.

Por isso, aprender as melhores formas de acalmar o bebê pode ajudar não somente no vínculo entre vocês, mas também no acolhimento dele a esse mundo tão estranho.

Como segurar e acalmar o bebê

Faça uma trouxinha com o cueiro

Ele ficava bem apertadinho no útero e, fazer com que ele se sinta protegido novamente, vai ajudar a acalmá-lo.

1. Abra o cueiro, com a ponta para cima

2. Dobre a ponta para dentro

3. Coloque o bracinho esquerdo junto ao peito e passe a ponta esquerda do cueiro por cima, bem justinho

4. Passe a ponta por baixo das costas dele

5. Pegue a ponta de baixo, junto dos pés, e passe para cima, colocando-a também nas costas

6. Encoste o braço direito no peito e passe a última ponta do cueiro por cima, bem justinho

7. Fixe nas costas com uma fita adesiva, para que não se solte logo

2. Coloque-o junto de você

Dar um colinho não faz mal – muito pelo contrário, faz com que ele se sinta amado e protegido. Existem diversas maneiras de segurar o bebê para acalmálo:

1. Bem juntinho: pegue sua trouxinha e coloque peito com peito, dando batidinhas no bumbum.

2. Posição “futebol americano”: otima para quando o bebê está com gases. Apoie a cabeça do filhote na sua mão, e ponha as pernas dele sob o seu braço.

3. Posição da guitarra: Com muito cuidado, apoie a cabeça do bebê no seu braço, de modo de ele fique deitado na sua barriga, e se balance lentamente. A guitarra mais fofa do mundo, não concorda?

3. Emita um chiado forte

Ainda não acalmou? Faça o som shhhh bem forte, mais alto que o choro dele, ou use algum aplicativo que simule o som do útero materno.

4. Balance

Eles gostam do balanço, mas não pode abusar. Nada de sair sacudindo o pobrezinho, isso pode até fazer mal para ele.

5. Ofereça a chupeta

Se ele não acalmou ainda, pode oferecer a chupeta ou até mesmo seu dedo, devidamente higienizado, pois a sucção é um instinto natural do bebê, fazendo com que fique mais tranquilo.

Dica

Pronto, acalmou? Espere ele dormir de verdade, ok? No início do sono, os olhinhos mexem, ele sorri, pisca… É muito lindo, mas ele pode acordar muito facilmente. Espere que ele pare com todos os movimentos e coloque no berço ou carrinho devagar, se afastando aos poucos, pois ele pode sentir se você fizer isso muito rapidamente.

Perfeito, não é mesmo? Mas antes de tentar essas técnicas, é bom ver se a causa da irritação não é outra. Cheque a fralda, veja se ele está com frio, calor ou fome.
Às vezes só está muito agitado em volta dele; deixe a casa mais tranquila ou então leve-o para um lugar mais calmo.

O mais importante: respire! Sua tranquilidade vai influenciar na dele. Não se preocupe pois não existe isso de “viciar em colo”. Quando você o acolhe junto ao seu corpo, está fazendo com que se sinta protegido e mais tranquilo nesse novo e estranho mundo.

Neste vídeo, você vai conhecer as principais formas de se segurar um bebê, de forma simples, deixando-os mais acolhidos e calmos. Confira:

Conhece alguém que vai gostar dessas dicas? Compartilhe!