Atenção: cresce quantidade de acidentes com berço, carrinho e cadeirinhas

É preciso redobrar os cuidados para não colocar os bebês em risco

3
5070

Os dados são alarmantes: acidentes com a cadeirinha de bebê chegam a 19,5%, com berço a 18,6%, o andador 16,2% e o carrinho de bebês a 16,5%. Isso foi o que comprovou a pesquisa realizada entre 2003 e 2011 e publicada pelo jornal American Pediatrics.

Os resultados do estudo refletem a realidade norte-americana, contudo servem de alerta para apontar que é preciso atenção às normas de segurança para não pôr a vida dos bebês em risco.

Todos os itens são essenciais para a rotina das famílias. Sem eles fica quase impensável cuidar adequadamente dos bebês. A exceção está para o andador, proibido no Brasil desde julho do ano passado.

Dica para comprar os acessórios do bebê:

O ideal são produtos que tenham o selo do Inmetro (Instituto Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Esse é o órgão do Governo Federal responsável por testar a segurança dos produtos.

Quando o produto é aprovado, ou seja, não oferece risco para o usuário, o Inmetro coloca um selo que atesta a qualidade.

Mesmo quem compra um produto de qualidade pode enfrentar problemas se usar indevidamente

Como usar a cadeirinha

A cadeirinha ou bebê conforto é exigida para o transporte das crianças nos automóveis. Cada uma tem uma especificação de peso e altura.

Se isso não for respeitado, a criança pode ficar ferida em caso de acidente ou de uma freada brusca. Somente nos Estados Unidos, 9 mil bebês são encaminhados para a emergência em consequência de ferimentos que ocorreram no bebê conforto e ou cadeirinha.

Muitas vezes o acidente ocorre fora do automóvel. Para que o bebê permaneça em segurança, é preciso sempre verificar onde é colocada a cadeirinha:

  • Fuja de superfícies lisas;
  • Forre direitinho;
  • Nunca deixe de usar o cinto de segurança.

Como evitar acidentes em berços

O berço é um local onde, teoricamente, os bebês deveriam dormir. Teoricamente porque muito rápido aquelas grades passam a ser usadas como meio para escalar e firmar perninhas.

Evite colocar muitos brinquedos e almofadas no berço para não sufocar o bebê. Ele pode virar e ser vítima de acidentes com tecidos ou outros utensílios.

Aos seis meses já é preciso rebaixar a grade para evitar as escaladas na grades. Também é recomentado tirar os mosquiteiros e móbiles para evitar acidentes.

Se o berço tiver rodinhas, mantenha sempre travadas.

Carrinho

  • Sempre trave as rodas;
  • Não use os carrinhos como carregadores de compras;
  • Use o cinto de segurança;
  • Respeite o limite de peso e idade da criança;
  • Não pendure sacolas e bolsas nas alças.

Relacionado: Menina de 3 anos morre em acidente por não usar cadeirinha