Antibióticos podem danificar sistema imunológico das crianças

Investigação revela que a toma abusiva de antibióticos pode afetar para sempre o sistema imunológico infantil pelos efeitos negativos causados nas bactérias naturais do intestino.

ADs

Os antibióticos são medicamentos muito fortes, que têm consequências mais graves quando tomados em excesso, causando danos irreversíveis nas crianças.

O neonatologista Hitesh Deshmukh, autor da pesquisa lançada na revista Science Transnational Medicine que estudou as consequências dos antibióticos em ratos jovens, diz que “está na altura de questionar as práticas estabelecidas há décadas, quando não sabíamos tanto”.

Comunidade médica concorda nos malefícios provocados por antibióticos

Nos Estados Unidos, os investigadores do hospital pediátrico de Cincinnati chegaram à conclusão que os antibióticos apesar de protegerem das infecções, afetam o ecossistema das bactérias comensais, que são benéficas para o organismo e vivem no intestino. Assim, os antibióticos tornaram os ratinhos mais frágeis com risco de contrair pneumonias e causaram danos no sistema imunológico a longo prazo.

Ainda nos Estados Unidos, na maioria dos partos por cesárea, são fornecidos antibióticos às mães antes do nascimento, para reduzir o risco mortal de infecção por estreptococos. 30 por cento dos recém-nascidos também tomam antibióticos de prevenção sem apresentarem nenhum tipo de infecção.

ADs

Relacionado: Tomar paracetamol durante a gestação traz complicações para a saúde do bebê

Os antibióticos destroem todas as bactérias, incluindo as comensais – as bactérias boas, presentes no sistema digestivo e fundamentais para o sistema imunológico. Está provado que quando se mata as bactérias do intestino, as defesas dos pulmões ficam mais baixas, abrindo as portas para o risco de pneumonia.

O consumo de antibióticos deve ser mais limitado para que as crianças tenham tempo de criar novas bactérias comensais, o que demora alguns meses. Alguns cientistas afirmam que existem formas de restabelecer o equilíbrio e as defesas dos pulmões.

A toma excessiva de antibióticos pode ser a razão por que algumas pessoas desenvolvem asma e problemas respiratórios sem passado genético, sugerem os investigadores.

ADs

Assista ao vídeo e saiba mais sobre o tema.

Importante: esse artigo não deve, em hipótese alguma, substituir uma consulta com um médico especializado. Se o médico receitou antibióticos para o seu bebê, siga as recomendações. Não tome nenhum antibiótico sem o acompanhamento médico!

Esse artigo foi do seu interesse? Então, compartilhe.

ADs
Pub