Banho de luz em bebê: saiba o que é e como fazer

0
2181
Crédito: Freepik

O banho de luz em bebê, como é popularmente conhecido, é um tratamento chamado fototerapia neonatal realizado ainda no hospital/maternidade.

Ele acontece logo quando o bebê nasce e percebe-se que sua pele tem aquele tom amarelado que muitas pessoas chamam de amarelão, mas os médicos chamam de icterícia neonatal.

Essa alteração no tom da pele do recém-nascido é considerada uma doença e é bem comum, atingindo cerca de 50% dos bebês, especialmente os prematuros. Por isso é que se faz o banho de luz em bebê.

Veja também: cuidados necessários na primeira semana de vida do bebê

Banho de luz no bebê para que serve?

Além da pele, a icterícia neonatal também afeta a parte branca dos olhos e ocorre por causa do excesso de uma substância chamada bilirrubina no sangue do bebê. Ela não é bem absorvida pelo fígado, que ainda não está totalmente pronto, então acaba ficando acumulada no sangue. É o mesmo que ocorre com pacientes de hepatite. Nos bebês, o tom amarelado começa a aparecer no rostinho e depois vai se espalhando para as outras áreas do corpo.

Então, caso esse amarelão não desapareça sozinho dentro de alguns dias, é feito o banho de luz em bebê que serve para evitar que a bilirrubina atinja níveis além do limite tolerável. Se isso acontecer, ela pode se acumular no cérebro com o risco de causar danos no sistema nervoso e atraso no desenvolvimento do pequeno. O banho de luz irá transformar a bilirrubina em uma outra substância inofensiva, trazendo a cor normal da pele do bebê.

Veja também: por que dar banho de balde em bebê?

Como é feito o banho de luz em bebê?

como é feito o banho de luz em bebê
Crédito: Secad

Muitos pais ficam com receio do banho de luz em bebê porque parece que ele vai sofrer sozinho com toda aquela luz sobre seu frágil corpinho recém-nascido. Mas conhecendo como funciona, não há com o que se preocupar. Veja como é feito esse procedimento de cuidado com a pele do bebê.

Exame de sangue

Após a identificação da icterícia, é feito um exame de sangue no bebê para identificar o nível de concentração de bilirrubina no sangue. Assim é possível determinar como será feito o tratamento, como quantas sessões de fototerapia serão necessárias.

Exposição à luz

Para realizar o tratamento da fototerapia neonatal, o bebê é colocado em um berço de maternidade, somente de fraldas e com os olhos vendados, e fica exposto a uma luz azul que ajuda a metabolizar a bilirrubina, transformando-a em uma substância que será excretada pelo fígado.

Repetições

O bebê fica no bercinho exposto a essa luz por apenas alguns minutos. O tratamento é repetido diariamente até que se perceba a volta da cor normal da sua pele. Costuma levar de 2 a 7 dias na maioria dos casos.

Veja também: os benefícios do banho de ofurô em bebês

Os pais podem estar junto?

Geralmente o bebê fica sozinho no bercinho e os pais ficam observando do lado de fora. Mas em alguns hospitais existe estrutura para que a mãe participe do tratamento. Ela deita em uma maca e o bebê fica sobre seu corpo, deitadinho. Os dois ficam de olhos vendados e, assim, a mãe pode ficar por perto, tranquilizando o bebê e a si mesma.

O banho de luz em bebê é o único modo de tratar icterícia?

banho de luz em bebê para icterícia
Crédito: Freepik

Depende. Assim que a mãe percebe que o seu pequeno está com a pele amarelada, deve avisar ao pediatra. Ele irá avaliar a intensidade do amarelão e nem sempre irá recomendar o banho de luz em bebê. Se a intensidade for bem leve, poderá recomendar apenas um banho de sol.

Nesse caso, o médico orienta a mãe a se expor ao sol mais fraco, bem no início do dia e também no final de tarde, junto de seu bebê. É importante que a mãe respeite o horário do sol, sempre escolhendo fazer um banho antes das 10 horas da manhã e outro depois das 16 horas. Entre esse período o sol é forte demais e pode machucar a pele do bebê, além de deixá-lo desconfortável.

O bebê fica no colo, com o rostinho contra o sol para que não seja desconfortável nem perigoso para seus olhos. Como o bebê precisa ficar apenas de fraldas, esse tratamento com banho de sol só é recomendado quando o clima está agradável para o bebê, sem vento e nas estações mais brandas do ano. O tempo do banho de sol é de 15 minutos por vez, 2 vezes ao dia.