Beijos podem ser prejudiciais à saúde do bebê

A saliva dos adultos contém muitos vírus que colocam em risco a saúde das crianças

0
16415

É verdade que os bebês merecem todo o carinho do mundo. Mas esse amor deve ser bem dosado: afinal de contas, se você ficar constantemente beijando a criança, ela pode sofrer de sérios problemas de saúde. Isso ocorre, porque o bebê tem um organismo bastante sensível, principalmente nas primeiras 6 semanas, e o seu sistema imunológico ainda se encontra em formação.

Mesmo assim, uma boa parte das crianças conseguem se proteger de algumas doenças, visto que recebem uma imunidade natural da placenta das mães. O mesmo não acontece com os prematuros, que não foram assim tão protegidos pelas substâncias intrauterinas e, desse modo, estão mais expostos a infecções provocadas por vírus oriundos da saliva dos adultos.

oS BEBÊS PREMATUROS ESTÃO MAIS EXPOSTOS A INFECÇÕES PROVOCADAS POR VÍRUS ORIUNDOS DA SALIVA DOS ADULTOS

O caso de Kaiden McCormick

Essa (trágica) história é um bom exemplo do perigo de beijar os bebês, principalmente se eles forem prematuros.

Kaiden McCormick nasceu umas semanas antes do previsto e ficou na incubadora durante 1 mês e meio. Enquanto estava tentando sobreviver, o bebê recebeu uma visita do pai, que não resistiu em beijar o filho. Mas o pior aconteceu: a criança contraiu herpes e acabou falecendo aos 2 meses.

Ou seja, beijar os bebês nas primeiras semanas é uma fonte de perigo, porque as crianças podem sofrer de uma infecção a partir da pele, dos olhos e da boca. No pior dos cenários, o vírus se propaga pelo sangue e atinge órgãos vitais, como o fígado ou o cérebro.

Como proteger o bebê do perigo das infecções?

  • Confirme que as visitas lavam e desinfetam as mãos, antes de tocar na criança;
  • Evite que os outros beijem o bebê;
  • Preserve a pele da criança contra lesões – mesmo que sejam pequenas. Elas podem ser um meio para a entrada de perigosos micróbios;
  • Limpe minuciosamente os objetos que preparam a comida da criança;
  • Durante os primeiros meses de vida, não misture os objetos utilizados na alimentação do bebê com os objetos dos outros membros da família;
  • Nunca se esqueça de vacinar o bebê.

Relacionado: É correto obrigar seu filho a dar beijos e abraços em familiares?

Curtiu essa matéria? Compartilhe!