7 Benefícios incríveis do leite materno para a mãe e seu bebê

Só há vantagens na amamentação, portanto, se puder, não tenha dúvidas em amamentar pelo máximo de tempo possível

Crédito: Freepik
ADs

Até os 6 meses de vida, os bebês devem ser alimentados exclusivamente com leite materno. Nem mesmo água eles devem beber, pois o leite é um alimento completo para satisfazer todas as necessidades nutricionais da criança. Mas você conhece os benefícios incríveis do leite materno para o bebê e também para a mãe?

A quantidade ideal de nutrientes

Em 100 gramas de leite materno contém 70 calorias, 1 grama de proteína e 7 gramas de carboidratos. Essa é a quantidade ideal para favorecer os 25 centímetros que o bebê vai crescer durante seu primeiro ano de vida.

Melhor desenvolvimento cognitivo

Quando os bebês são alimentados só com leite da mãe durante pelo menos os 3 primeiros meses de vida, seu desenvolvimento cognitivo é superior ao dos bebês alimentados com fórmula. E quanto mais tempo a mãe conseguir continuar alimentando seu bebê com leite materno, maior será a inteligência da criança.

Boa saúde do bebê

Quando o bebê recebe o leite materno exclusivo, seu corpo fica mais forte e protegido contra doenças, já que esse alimento contém anticorpos. Então, é menor o risco de desenvolver alergias, problemas intestinais, infecções e doenças respiratórias.

ADs

Menor risco de obesidade

Por ser um alimento tão equilibrado, os bebês que recebem leite materno exclusivo pelos 6 primeiros meses têm menor risco de desenvolverem obesidade ao longo da vida.

Maior vínculo entre mãe e bebê

Esse benefício é para a mãe e para seu bebê, já que o momento da amamentação é especial. Quando a mãe vai para um cantinho tranquilo e amamenta seu filho dando total atenção a ele, o vínculo que se cria é imenso. Esse é o momento em que o bebê relaxa, se alimenta, se aquece e se sente protegido pela pessoa que ele considera como uma extensão de si mesmo.

Emagrecimento no puerpério

A mãe que amamenta seu bebê consegue emagrecer mais rápido no período do puerpério. Como o corpo está gastando energia extra para produzir leite (de 300 a 400 calorias), se ela mantiver uma alimentação saudável e equilibrada, conseguirá perder o peso extra mais fácil.

Menor risco de câncer de mama

Assim como o bebê fica com a saúde mais forte quando recebe leite materno, a saúde da mãe também fica mais protegida. Um dos motivos é que, enquanto as mamas estão produzindo leite, suas células são incapazes de desenvolver tumores, e isso protege a mulher contra o câncer de mama e outros relacionados a hormônios.

ADs