Como brincar com bebê: dicas dos 0 aos 12 meses

O desenvolvimento do bebê é muito rápido! Não perca esses momentos!

0
8784
brincar com bebê

Brincar com bebê não é nenhum mistério. Seu bebê acabou de nascer mas já está crescendo bem rápido? Você não vai querer perder cada momento destes seus primeiros meses, cada fase de sua vida. As brincadeiras são a a melhor maneira para ele descobrir o mundo, ajude-o e divirta-se também.

Veja como brincar com bebê mês a mês:

Primeiro mês

Seu bebê ainda está contemplando você, a pessoa que ele ouvia na barriga e que pode finalmente ver. Aproveite isso e brinque com ele no banho, quando muda a fralda, ou quando ele estiver no colo, usando as expressões de seu rosto. Veja a reação de seu filho quando:

  • Levantar uma ou as duas sobrancelhas;
  • Abrir e fechar a boca;
  • Colocar a língua pra fora;
  • Piscar os olhos;
  • Falar exageradamente ou numa melodia rítmica.

Segundo mês

Seu bebê está mais interessado em olhar o pai ou a mãe, então faça mais uns gestos com o rosto e comece também por fazer os movimentos que já fazia no primeiro mês, mas dê tempo para que o pequenino comece a imitar as expressões.

Este é um mês interessante para mostrar para seu filho quem ele é

  • Coloque-o de frente pro espelho;
  • Mostre para ele os movimentos do ventilador de teto, balanço das árvores, a sombra das folhas.

chocalhos são uma boa alternativa

Nesta fase do seu desenvolvimento, ele começa a abrir as mãos e gosta de tocar nos objetos e às vezes consegue agarrá-los. Então, quando você ele fizer isso:

  • Dê objetos para ele pegar;
  • Dê o seu dedo para ele, para o incentivar a agarrar.

Terceiro mês

Ele já começou a usar as mãos e agora que tem 3 meses ele vai usa-las ainda mais! Ele vai querer bater em objetos, porque já começa a saber o que é o movimento e como pode ser divertido. Então:

  • Dê um chocalho;
  • Coloque pequenos brinquedos, como por exemplo os mordedores e deixe o bebê estar no chão, brincando e explorando esse mundo de texturas e cores diferentes;
  • Ele vai gostar de pegar um livro. Existem livros bem legais, simples, coloridos, de tecido, capa dura ou outros materiais;
  • Fale com ele, cante canções e diga o nome das coisas (mas o nome correto e não “abebezado”).

Do quarto ao sexto mês

Incrível, seu bebê continua aprendendo muita coisa já está mostrando mais habilidades. Com quatro mesinhos já fixa o olhar e aponta com o seu olhar para aquilo que deseja, por exemplo “quero colo”. Mas ele agora vai divertir-se mais pelo chão. Já consegue sentar e pode ficar horas brincando, por isso:

  • Deixe seu bebê sentado numa mantinha no chão, ou não, dependerá da temperatura;
  • Disponibilize vários brinquedos adequados à idade, como livrinhos de tecido, bonecos macios, etc.

Mantenha-se por perto, já que seu filho não se sentirá muito confortável em ficar sozinho. Ainda necessita de sentir a segurança de seus pais por perto. Aí ele vai poder colocar os brinquedos na boca, explorá-los, falar, gritar (ele está descobrindo os sons).

Do sexto ao nono mês

Seu bebê começa a levar muito a sério a ideia de se movimentar e ser “independente”. Já consegue sentar sem apoio, engatinhar e rastejar, além de outras funções motoras. Está na hora de engatinhar com ele para verificar todas as questões de segurança pela casa para que ele não se machuque. Já balbucia e comunica-se também através de outras formas, esticando os braços:

  • Deixe-o experimentar tudo (com segurança, sempre!), assim como a comida e toda a refeição, para que seja um momento divertido.

brinque com blocos e objetos coloridos

Do nono ao décimo segundo mês

Agora os bebês continuam engatinhando muito e já conseguem percorrer toda a casa de barriga no chão, ou apoiados nos joelhos ou mesmo arrastando o bumbum.

Começam a ficar cada vez mais autônomos e, dependendo da sua segurança e auto-confiança, podem já ficar de pé junto a um sofá, uma porta, enfim, a algo a que se agarrem.

Com a vontade que seu filho tem para explorar a casa, você já deve ter colocado os protetores de tomada em tudo quando é lugar, mas nunca será demais alertar para os perigos. E vamos continuar repetindo: “não mexe”. Mas também é importante explicar porquê. Ele pode não entender agora, mas percebe que você está tendo a atenção de olhar para ele e explicar algo. Ele vai acabar entendendo.

Vamos então ao que interessa. Quais brincadeiras eu posso fazer com meu filho? Não esqueça que ele já sabe bater palmas, imitar gestos e expressões, reproduzir sons e apontar para pedir algo.

estimule o contato com outras crianças

Vamos brincar:

  • Enquanto se brinca, deve falar no nome do bebê e da pessoa que estiver com ele;
  • Brincar com conversa, músicas e leituras (pode ser um bom momento para começar a ler umas histórias para seu bebê);
  • Reproduzir ritmos;
  • Lembra dos gestos que fez no primeiro mês? Pode continuar a fazê-los. As expressões faciais e os gestos podem ser maravilhosos para os bebês;
  • Falar o nome de cada parte do corpo começando no dedo do pé até ao cabelo, assim como nomear objetos.

Não, ele não vai ficar cansado dessas brincadeiras. Continue fazendo as mesmas brincadeiras com ele. Com a repetição ele vai interiorizando a informação.

Relacionado: Aprenda a se comunicar com criança de forma calma e eficiente!

Veja esse vídeo de uma mãe que fala sobre seu bebê de 10 meses e como ele começou a andar:

Compartilhe essa informação para que ninguém perca as diversas fases de desenvolvimento de um bebê!