Como ensinar o seu filho a ler

0
1208

A leitura é uma competência fundamental para todos, e o ensino das letras deve começar bem cedo. A criança não precisa estar ainda na escola, ou com algum tutor particular para aprender a ler e até escrever as primeiras palavras.

Se os pais tiverem um bom nível de entendimento do português, o que nada tem a ver com escolaridade, mas muito mais com o saber usar a língua.

O que infelizmente é uma competência que muitas pessoas com pós-graduação não têm, eles podem dar inicio a aventura do aprendizado de seus filhos.

Dicas para ensinar o Seu filho a Ler

Visto isso, existe também um jeito correto de se fazer as coisas. Apesar de o importante ser que a escola seja parte integrante, mas não a única ferramenta de aprendizado para as crianças, independentemente da idade. Isso serve até para nós adultos.

Aqui trataremos das diretrizes mais modernas em alfabetização de crianças para que você tenha ao menos um norte para a educação do seu filho, de modo a conseguir criar um cidadão capaz de produzir, ler e interpretar todo o tipo de texto, uma qualidade incrivelmente rara em nosso país.

Comece com o alfabeto

O alfabeto cria toda a estrutura para a formação de palavras através da leitura e escrita, e em um idioma como o nosso.

Os sons das palavras se assemelham muito com os das letras que as escrevem, o simples conhecimento dos sons do alfabeto já permite que a criança comece a escrever e ler as primeiras palavras, mesmo que ainda com muitos óbvios erros.

Leia para o seu filho, e ensine as letras começando pelas vogais, que são mais fáceis e diretas. Não se esqueça de usar a tecnologia e brincadeiras nesse contexto.

Silabas

As silabas são as estruturas seguintes, pois compreendendo como elas se formam e tendo acesso a exemplos práticos, as palavras irão começar a sair mais corretas.

Primeiro pegue uma consoante e faça silabas com todas as vogais, e depois vá colocando silabas mais complexas.

Hora da leitura

Eu me lembro de quando eu aprendi a ler e escrever, e tudo começou com a escrita, mas para a maioria das crianças o melhor é dar aqueles livrinhos infantis e ajudar eles a lerem as primeiras palavras.

As conquistas serão um impulso para mais e mais progresso.

Ajudar a ler rótulos, títulos, tudo no entorno vai ser empolgante e motivador.

Escrita

Se a criança já consegue formar frases na leitura, é hora de impulsionar a escrita.

Um passo que deu certo comigo é ensinar o mais básico e útil para a vida, que é escrever o próprio nome, o que a criança vai mais precisar ao longo da vida.

Depois de algumas tentativas e erros, a criança vai dominar a assinatura e a estrutura do nome vai beneficiar um entendimento melhor da formação das palavras escritas.

Agora o seu filho vai estar pronto para a escola, e vai surpreender os professores.