Como lidar com gravidez inesperada

0
584

As mulheres estão iniciando a vida sexual cada vez mais cedo, e muitas acabam por lidar com uma gravidez inesperada.

Seja por falta de experiência ou de informação, elas acabam atropelando as faces da vida, e se tornam mães ainda meninas.

Esta é uma situação que também pode  acontecer com mulheres experientes, mas que sentem que ainda não é o momento certo para ter um filho.

Como lidar com uma gravidez inesperada é uma dúvida comum entre todas as mulheres que não se sentem preparadas para trazer uma criança ao mundo, mas que acabam se descuidando e precisando lidar com essa responsabilidade.

O que fazer numa gravidez inesperada

Faça o teste

Antes de tomar qualquer decisão precisa ter certeza que está grávida. Não se estresse nem saia contando para todo mundo que está grávida sem ter certeza, os sintomas da gravidez são muito comuns e fáceis de ser confundidos. Então faça um teste de farmácia ou até mesmo consulte um médico antes de revelar a novidade.

Converse com alguém

Uma gravidez é sempre um susto e um peso grande, sendo assim, não deve passar por isso sozinha. Converse com uma amiga, o pai da criança, sua mãe, vai precisar de ajuda e nada melhor que contar com as pessoas próximas que saiba que vão te dar uma força, sem falar que, conversar sobre a gravidez vai ajudar a cair a ficha.

Comece a se acostumar com as mudanças

Ter uma criança crescendo dentre de você não vai mudar apenas seu corpo e seus hormônios, mas também sua cabeça, ter um filho deixa as mulheres bem mais maduras, certamente vai pensar mais no futuro, entender melhor seus pais e notar muitas coisas que antes passavam despercebidas.

Aprender a lidar com a pressão

Casar com o pai da criança ou se juntar, largar a escola para trabalhar, são apenas algumas das pressões que vai enfrentar nessa gravidez inesperada.

Tenha um tempo só para você, pense, respire, medite e acredite que tirar não é uma boa alternativa, pois, vai de trazer arrependimento pelo resto de sua vida, se fez agora tem que ter a responsabilidade de criar, nesse primeiro momento tudo vai parecer mais complicado do que é, mas, porém, um filho é sempre uma alegria.

Deve decidir tudo com calma, pois, você vai sim precisar de muito apoio para cuidar do bebê, mas não assuma compromissos muito sérios nesse momento de fragilidade, se case ou se junte apenas se gosta de verdade do pai da criança e se acredita que vale a pena.