Quase na hora de ter o seu bebê? Saiba como o seu corpo vai reagir ao pós-parto!

Será que a sua barriga vai voltar logo ao normal? E as contrações vão continuar? Descubra tudo!

0
10190

Apresentamos um guia para você entender como o seu corpo vai reagir nas horas seguintes ao nascimento do bebê.

8 verdades sobre o seu corpo na fase pós-parto que você deve conhecer

1. Você vai continuar parecendo uma grávida de 9 meses

As suas amigas lhe disseram que, logo depois de dar à luz, você iria parecer uma grávida de 4 meses? Quem dera. O seu útero passou do tamanho de uma laranja para o tamanho de uma melancia durante a sua gestação e não recuperará o tamanho normal assim tão depressa. Para a maioria das mães, só após 6 semanas é que isso acontece.

Além disso, quando o útero encolhe, as mulheres ainda costumam ter uma barriguinha, devido a um inchaço, constipação intestinal e retenção de líquidos, entre outras coisas.

2. Você não vai conseguir urinar

Normalmente, quando a sua bexiga está cheia, o seu cérebro envia uma mensagem pelos nervos para esvaziar. Mas, quando as mulheres têm um longo trabalho de parto vaginal ou uma cesárea, esses nervos podem ficar traumatizados temporariamente. Resultado: você pode ter vontade de ir ao banheiro, mas não vai conseguir fazer nada.

Por outro lado, um grande inchaço localizado ao redor da uretra pode obstruir a passagem da urina. Daí que algumas mulheres precisem de um cateter nas primeiras 24 horas após o nascimento do bebê. Felizmente, esse problema se resolve espontaneamente e bem rápido!

3. Quando você urinar pela primeira vez, sentirá muito ardor

O parto pode originar pequenas abrasões ou rasgões junto da uretra que irão arder muito com o contato com a urina. Por isso, é bastante provável que alguma enfermeira entregue um borrifador ou uma toalha úmida para você refrescar depois de urinar. Beba muita água para sentir menos ardor: se você ficar hidratada, a urina será mais diluída.

4. Você vai perder algum sangue

Nas primeiras 24 horas, você vai estar trocando constantemente de absorventes, por perder tanto sangue. É até comum você expelir 1 ou 2 coágulos com o tamanho de uma bolinha. Essa situação poderá parecer alarmante, mas, na verdade, é absolutamente normal.

Os músculos do assoalho pélvico estarão mais desgastados e, por isso, é normal que ocorra um quadro de incontinência urinária. Geralmente, tudo passa até 6 semanas, sem motivos para preocupações.

“no parto, você vai utilizar músculos que nem sabia que existiam!”

5. Cada músculo vai doer

Acredite: no parto, você vai utilizar músculos que nem sabia que existiam! Um trabalho de parto de 3 horas – ou mais, como acontece com muitas mamães de primeira viagem – é o mesmo que correr 30 km. Como se você tivesse participado de uma maratona. Ou seja, é um trabalho árduo, que exige muito do seu corpo.

Com o acompanhamento médico devido, tome um ou dois analgésicos, para aliviar a dor nos músculos e a inflamação.

6. Você ainda vai sofrer contrações

Conforme o útero for recuperando a sua antiga forma, você poderá voltar a sentir sérias contrações. Algumas mulheres até afirmam que essas contrações são mais dolorosas do que aquelas que sentiam durante o trabalho de parto. Se você amamentar, a dor será particularmente intensa, porque a lactação liberta hormônios que originam a contração do útero.

As contrações mais dolorosas surgem nas primeiras 48 horas após o parto. As restantes – com uma intensidade mais mediana – se prolongam durante mais umas semanas.

7. Você vai ter grandes hemorroidas

Além de poderem surgir no final da gravidez, as hemorroidas também aparecem no período pós-parto, sendo maiores e mais desconfortáveis nessa fase. Felizmente, esse incômodo desaparece em poucas semanas. Se sentir muita dor ou coceira, experimente tomar um banho quente em uma banheira ou utilize o assento para banho entregue pela enfermeira.

8. Você vai ter medo de evacuar

Com a laceração perineal, a sua primeira evacuação será assustadora, por doer tanto e dar a sensação de que os seus pontos vão estourar. Os laxantes podem ser uma boa ajuda. No entanto, muitas mulheres – algumas com uma grave laceração perineal – garantem que a sua primeira evacuação pós-parto não foi assim tão má.

É importante que você vá ao banheiro sempre que precisar. Mesmo que você tenha medo, segurar as fezes poderá ser prejudicial para a sua saúde.

Relacionado: Foi mamãe recentemente? Então esclareça as suas dúvidas sobre o período do pós-parto!

Assista a esse vídeo para descobrir mais verdades sobre como o seu corpo vai reagir no pós-parto:

Curtiu esse artigo? Compartilhe com outras mamães!