Criança suja é criança feliz

Brincar envolve sujeira e isso é muito bom para o desenvolvimento infantil

0
2126
Crianças brincando

Há quem tenha paranóia por limpeza sem perceber que esse comportamento pode ser mais nocivo que benéfico para a criança. A verdade é que se sujar faz bem. Claro, tudo de maneira controlada. Não é preciso exageros de um lado e nem de outro.

E a convivência pacífica entre a sujeira e a limpeza está entre os assuntos discutidos no livro “Let Them Eat Dirt: Saving Your Child from on Oversanitized Word“, que em português quer dizer: deixe que eles comam terra, salvando seus filhos de um mundo hiper-higienizado.

A obra, das microbiologistas B. Brett Finlay e Marie-Claire Arrieta, resulta de pesquisas desenvolvidas na University of British Columbia, do Canadá. Conforme as autoras, declarar uma guerra contra os micróbios é uma tarefa perdida porque eles estão por toda a parte, inclusive dentro do corpo humano. Há microrganismos nas plantas, nos animais, em qualquer superfície e, uma minoria causa doenças.

E sim, os micróbios vencem a batalha contra a água sanitária. Em contrapartida, contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico. São eles que vão ajudar o organismo dos pequenos a criar as defesas para a maioria das doenças oportunistas, resfriados, gripes e infecções de pele.

Nessa tarefa, quem sai fortalecido é o sistema imunológico, muito mais estimulado. Você pode não acreditar, mas até os casos de diabetes tipo 2 estão ligados à menor quantidade de micróbios no organismo dos pacientes. O mesmo acontece com a obesidade.

E há, inclusive, técnicas para aumentar a quantidade de micróbios para fortalecer o organismo do bebê já no pós-parto.

As técnicas consistem em estimular o contato direto com micróbios benéficos, que combatem os causadores de doenças. Aqueles que estão presentes no canal vaginal estimulam a digestão do leite materno.

O próprio leite está inundado de micróbios benéficos que, entre as muitas vantagens, estimulam o equilíbrio intestinal.

O estimulo à produção de microrganismos benéficos já pode começar na gestação. E após o parto, esses organismos serão transmitidos ao bebê.

As especialistas recomendam, inclusive, a presença de animais para fortalecer a criança contra diversas doenças. Entre elas estão os problemas de pele, as alergias e asma. Tudo feito com responsabilidade, com os animais vacinados e dóceis o suficiente para conviver com uma criança.

Criança suja é criança feliz

Na hora de brincar à vontade, a sujeira é liberada. Tente afastar a agonia de ver pezinhos e dedinhos sujos de terra. O perigo está mais em comer algum inseto, o que pode, de verdade, ser muito perigoso.

Evite brincadeiras assim em locais de muita circulação, como terminais de transporte e mesmo hospitais. Há parques e quintais para brincar, use. A melhor forma de brincar e sujar é em espaços com estímulo à natureza.

Relacionado: Crianças sujas, crianças saudáveis

Gostou dessa dica? Que tal compartilhar?