Cuidados para evitar que seu bebê engasgue

Alguns alimentos são extremamente perigosos para as crianças

0
4641

Como mães, é importante sabermos que nem todos os alimentos são adequados para os nossos filhos. É preciso acompanhar de perto as refeições, especialmente quando eles são pequenos.

As balas e pipocas estão no topo das listas de alimentos mais perigosos para as crianças, somando quase 25% das ocorrências de engasgos nos hospitais. De acordo com o pediatra Eduardo Hubert, do Hospital Pequeno Príncipe (PR), não é aconselhável oferecer balas de nenhum tipo para crianças menores de 5 anos.

No último ano, 108 casos de engasgos foram registrados e 74% deles aconteceram em crianças com menos de 4 anos

De acordo com os médicos, qualquer objeto ou alimento liso e arredondado pode trazer sérios riscos para o seu filho. Pelo fato de as crianças até dois anos não apresentarem os dentes molares ainda formados, esse tipo de alimento escorrega direto pela boca da criança.

Por esse motivo, alimentos duros, como as castanhas, também devem ser evitados. Feijão, milho e amendoim também podem ser perigosos.

Relacionado: Alimento do bebê: confira o que está liberado, de acordo cada fase

No último ano, no Brasil, 108 casos de engasgos foram registrados e 74% deles aconteceram em crianças com menos de 4 anos.

É preciso tomar cuidado com o tipo de alimento oferecido às crianças

Confira a lista de alimentos que causam engasgues nas crianças:

  • Balas duras: 16.100 casos;
  • Outras balas: 12.671 casos;
  • Carnes: 13.324 casos;
  • Ossos de carnes: 12.486 casos;
  • Frutas e vegetais pequenos: 10.075 casos;
  • Leite comum ou leite materno: 9.985 casos;
  • Sementes, castanhas ou ostras: 6.771 casos;
  • Chips ou pipocas: 4.826 casos;
  • Biscoitos: 3.189 casos;
  • Salsicha: 2.660 casos;
  • Pães: 2.385 casos;
  • Batatas fritas: 78 casos.

Seu filho já se engasgou com algum alimento? Conte-nos sua experiência através dos comentários e lembre-se de compartilhar esse alerta com suas amigas.