9 curiosidades sobre a gestação que toda a futura mãe deve saber

Chegou a hora de dar esse passo? Fique conhecendo alguns fatos interessantes sobre esse momento tão especial na vida das mulheres.

0
4806

Seu relógio biológico está começando a dar sinal? Está sentindo o chamado da maternidade? Não embarque nessa grande aventura da sua vida na ignorância!

SABER O QUE TE ESPERA DURANTE A GESTAÇÃO É ESSENCIAL PARA UMA GRAVIDEZ TRANQUILA

9 curiosidades sobre a gestação que toda a mulher deveria saber antes de engravidar

1. Nove meses mais ou menos

O tempo médio de gestação são nove meses, mas não é regra. Muitos bebês nascem antes do tempo, quase como se tivessem uma pressa danada de chegar no mundo e conhecer seus pais! O contrário também pode acontecer, embora seja menos frequente. Alguns bebês parecem ganhar apego ao útero confortável de suas mães e a sua saída tem de ser forçada.

Faz ideia quanto tempo levou a gravidez mais longa de que há registro? O bebê que permaneceu por mais tempo no ventre de sua mãe completou uma estadia de 375 dias e nasceu com cerca de três quilos.

2. Aquele brilho especial

Sabe aquela história de que a mulher grávida tem um brilho especial? Pode até parecer, mas não se trata de papo furado! A explicação é bem simples. Durante a gestação o sangue no organismo da mulher aumenta em 50%. Isso vai acabar por se refletir na pele, principalmente na zona das bochechas.

Outros responsáveis por esse aumento do brilho e da suavidade da pele da mulher durante a gravidez são os hormônios. Tem que ter compensação pelo jeito como deixam a mulher meio que destrambelhada, não é verdade?

3. Faro apurado

O organismo é realmente uma coisa fascinante. Já pensou como ele tem o poder de se adaptar a cada nova circunstância da sua vida? Durante a gravidez, por exemplo, tem um mecanismo que é ativado e, através do odor, a mulher é capaz de farejar alimentos tóxicos. Essa defesa vai fazer com que ela se recuse a ingerir alimentos que possam pôr em risco a saúde do feto. Impressionante!

4. Pura biologia

Não vai precisar que o seu filho entre na adolescência para que ele tenha sua primeira ereção. Aliás, esse primeiro momento pode acontecer ainda durante a gestação. Mas não se preocupe, que esse acontecimento é perfeitamente natural.

5. Comer por dois?

Agora que está finalmente aguardando a chegada de seu bebê, pode se vingar de anos e anos de contenção e aproveitar para comer por dois. Acha mesmo? Tem a certeza? Olhe que não!

Mantenha os cuidados com a sua dieta alimentar e confirme que está ingerindo tudo o que necessita para que o seu filho cresça forte e saudável. O seu peso não deverá aumentar mais que 10 quilos ao longo dos nove meses de gestação.

6. Sintomas por contágio

O seu companheiro parece estar imitado seus sintomas? Pode acontecer! Tem homens que reproduzem os sintomas e parecem acompanhar as mulheres, de forma solidária. A psicologia humana é uma coisa muito engraçada! Tem até alguns pais que acabam ganhando peso!

7. O momento mais importante de sua vida pode ser penoso!

Tem mulheres que romantizam o momento do parto, mas a verdade é que, apesar do resultado maravilhoso, esse processo é demasiado custoso. Não é a toa que algumas mulheres saem traumatizadas dessa história! Nada que não tenha resolução, mas não se deixe enganar. O parto é um ato doloroso e que vai exigir muito da mulher, física e psicologicamente.

8. As consequências do esforço

Não é novidade para ninguém que o parto vai exigir um grande esforço por parte da gestante. Bem no sentido literal da palavra, ao puxar, para que o bebê saia. O pior que pode acontecer? Algumas mulheres, devido a esse esforço, acabam por defecar durante o trabalho de parto. Por isso é que alguns médicos, caso haja oportunidade, realizam uma lavagem intestinal nas futuras mães.

9. As contrações não param imediatamente após o parto

Como é que é? Vai ter de passar por esse tormento por mais tempo? É verdade! Essas dores podem se prolongar por mais uns dias após o nascimento. A função dessas dores, porém, será outra. Elas são uma espécie de câimbras musculares para travar a perda de sangue. Comparativamente são bem mais ligeiras. Por essa razão tem até mulheres que não percebem!

Pode confessar! Agora que sabe isso tudo não se sente com uma melhor preparação para enfrentar os desafios da gestação? Podem parecer intensos, mas nada que uma mulher de garra não possa suportar!

Compartilhe!

Relacionado: 10 Mitos e especulações sobre o parto e pós-parto