Curiosidades sobre o seu bebê

0
7593

O feto é um ser de crescimento cada vez mais rápido. Mesmo pequenino, ele percebe mais do que você imagina. Para isso lhe trazemos 9 curiosidades que possa não saber sobre seu bebê.

Ainda dentro da sua barriga:

1- Ouve você falando

Seu bebê, a partir do 3º mês de gestação, já desenvolveu o suficiente seu aparelho auditivo e reconhece sua voz, assim como capta outros ruídos. Alguns testes já foram feitos no sentido de confirmar esta teoria. De acordo com as conclusões retiradas, os bebês modificam sua expressão facial de acordo com a natureza do som.

2- Não sabe quando você está tendo relações sexuais

Ao contrário do que muita gente ainda pensa, seu bebê não tem conciência disso. A única coisa que ele sente é o batimento cardíaco, respiração e movimento da região. Esta perceção é confundida com a altura em que você está nervosa ou ansiosa.

Fazer sexo durante a gravidez ainda pode causar embaraço para alguns casais, mas a verdade é que faz bem ao feto. A estimulação uterina da mãe causa um aumento do fluxo sanguíneo na região, o que aumenta a quantidade de nutrientes que o feto recebe e melhora o seu desenvolvimento. Este ato não afeta o bebê nem causa o parto prematuro, ao contrário da crença popular

3- Seu bebê tem gostos musicais

Apesar de ainda não ser capaz de distinguir os vários estilos musicais, os bebês parecem relaxar quando ouvem certos tipos de música. A música clássica parece ser a preferida dos bebês, por se assemelhar à batida cardíaca da mãe.

Por isso as mães frequentemente tocam músicas do Mozart para seus bebês. E a mamãe relaxar escutando essas músicas vai ajudar a que seu bebê compartilhe de seu bem-estar. Após o nascimento, segundo os especialistas, as músicas que tocou para seu feto podem ajudar a acalmar as cólicas, pois este reconhecerá as músicas que ouvia ainda dentro da barriga da mãe.

4- Seu bebê tem personalidade

Segundo os estudos, bebês que se mexem muito durante a gestação tendem a ser crianças mais agressivas e ativas do que os que aparentam ser mais calmos. Concluiu-se também que as experiências e comportamentos da mãe ajudam ao desenvolvimento da personalidade do feto, devido às alterações hormonais.

Após o nascimento:

5- Pode mudar a cor dos olhos

Apesar de quase todos os bebês nascerem com uma cor de olhos mais clara, nem todos a mantêm. Isto deve-se ao fato que a produção de melanina na íris, que dá cor ao olho, ainda não estar completamente desenvolvida. Isto também se aplica ao cabelo. Assim, se seu bebê nascer de olhos azuis e cabelo loiro é provável que escureça e se pareça mais com os familiares. Contudo, o contrário não acontece. Se seu bebê já nascer com olhos castanhos e cabelo escuro, não vai clarear com o tempo.

6- Ele sabe que você existe mesmo não a vendo

Mesmo que você suma durante alguns minutos para preparar o leite ou ir ao banheiro, seu bebê não esquece que você existe. Ao contrário do que antes se pensava, quando algo some da vista do bebê, seja um brinquedo ou pessoa, essa não deixa de existir para o bebê. Isto acontece a partir dos 3 meses. Assim, quando chega na altura de deixar o seu bebê com alguém comece a introduzir a sua presença dessa pessoa na vida do bebê.

7- Ele não reconhece seu próprio nome

Pode ter muita curiosidade pelos nomes e, se ele ouvir muitas vezes o mesmo nome pode virar a cabeça no sentido do som. Isto não significa que ele sabe que o estão chamando, apenas que reconhece o som da voz ou a palavra que está sendo dita. Apenas a partir dos 11 meses é que o bebê começa a reconhecer o nome como sendo o seu.

8- A criança não se reconhece

Apenas a partir dos 15 a 18 meses é que o bebê começa a adquirir o conhecimento de si próprio. Até lá, ele não se conhece no espelho ou em retratos seus. A primeira forma de saber que seu bebê começa a se reconhecer no seu reflexo é quando ele leva o dedo ao nariz enquanto se olha no espelho. A partir dos 2 anos, a capacidade de auto reconhecimento da criança expande-se às suas fotos e retratos.

9- É atento ao olhar dos pais

Apesar de ainda não ter capacidade de reconhecer o tipo de olhar dos pais, ele sabe “avaliar” esse olhar e saber o ambiente em seu redor através deles. É assim capaz de reconhecer situações de desconforto ou alegria através do que vê no olhar dos pais. A partir do primeiro ano de idade, esta capacidade abrange também a possibilidade de seguir o olhar dos pais para conhecer o seu foco de interesse.

Os bebês são seres muito inteligentes e que se adaptam ao meio em que vivem de maneira impressionante. Esteja presente nessa adaptação para ajudar o seu bebê a ter uma infância feliz e saudável!