Posso continuar a depilação mesmo durante a gravidez?

Entenda como proceder para manter o hábito sem prejudicar a saúde

0
15585

Com todas as mudanças hormonais que ocorrem durante a gravidez, algumas mulheres têm dúvida se mantêm o hábito de depilar-se nessa fase.

Sem qualquer informação de segurança, o melhor mesmo é evitar esse tipo de procedimento na gestação e durante a amamentação.

Há métodos cada vez mais invasivos que mantêm a eficiência da depilação. Entre os mais usados estão o laser a luz pulsada. Embora bastante eficientes, não há estudos que comprovem o efeito desses dois métodos de depilação para o desenvolvimento do feto.

Sem qualquer informação de segurança, o melhor mesmo é evitar esse tipo de procedimento na gestação e durante a amamentação. A interrupção não vai anular os efeitos e manterá a tranquilidade quanto à saúde do bebê.

Relacionado: Descolorir pelos e cabelos durante a gravidez. Pode ou não pode?

Outro método que deve ser evitada nesse período é o creme depilatório. Para haver o derretimento dos pelos, o creme tem em sua composição uma série de produtos químicos que penetram na pele e podem chegar à corrente sanguínea.

Quais métodos de depilação podem ser mantidos na gravidez?

Todos os métodos físicos, como a lâmina, a máquina depilatória e a cera. Mesmo a cera deve ser usada somente se não houver qualquer tipo de alergia. Algumas pessoas ficam mais sensíveis nessa fase e a cera pode deixar a pele bastante irritada.

Essa dica foi útil? Então compartilhe!