Dicas para amamentar o seu bebê

0
929

Amamentar o seu bebê é das sensações mais incríveis que uma mulher tem na sua vida. Além de criar uma ligação muito especial entre mãe e filho, amamentar o bebê com leite materno traz inúmeros benefícios para o recém-nascido.

Contudo, por várias razões, nem sempre é fácil amamentar. Seja devido à formação de gretas nos bicos dos seios, tornando o ato de amamentar doloroso para a mãe, seja devido à dificuldade do bebê sugar o leite, há vários constrangimentos que podem complicar este ato tão especial e benéfico.

Além disso, ninguém nasce ensinado, e é normal que no primeiro filho, haja algumas dificuldades naturais de quem nunca foi mãe.

Para a ajudar, neste artigo poderá conhecer algumas dicas para amamentar.

Dicas de Amamentação

Dica 1

Quando der a mama ao seu bebê, coloque os seus dedos em tesoura por debaixo do seio, de forma a suportá-lo, sem no entanto apertar na zona do mamilo.

A ideia é segurar o seio sem cortar o fluxo do leite para o bebê.

Dica 2

Ajude o seu bebê a colocar o mamilo dentro da boca.

Para isso, aperte a auréola do mamilo, ao mesmo tempo que encosta o mamilo na boca do seu bebê. Mantenha essa posição até o bebê ter colocado o mamilo e a auréola dentro da boca.

Não se esqueça que o nariz do bebê deve ficar à mesma altura que o mamilo.

Dica 3

Quando o bebê estiver a sugar o leite, verifique se os lábios estão na posição correta, isto é, virados para fora.

Se estiverem virados para dentro, force delicadamente os lábios a ficar na posição correta. O bebê deve ficar sempre pertinho do seio, com o queixo e o nariz a tocar na pele da mama.

Dica 4

Se a sua mama estiver muito dura e cheia, antes de amamentar massageie-o, de forma a ficar mais mole e flexível para o bebê mamar.

Dica 5

No final de amamentar o seu bebê, espalhe sempre um pouco do seu leite pelo mamilo e pela auréola, deixando que este seque naturalmente.

Isto irá ajudar a que não se formem gretas.

Dica 6

Durante um dia, o bebê recém-nascido deve fazer no mínimo 8 mamadas.

Assim, durante o período diurno, deve acordá-lo a cada 2/3 horas, e durante o período noturno, se ele não acordar com fome, deve acordá-lo em cada 5 horas.