Dicas para Escolher a Madrinha

0
1771

A madrinha de batismo deve ser escolhida com muito cuidado, deve ser alguém que considera ter um papel fundamental na sua vida e que vai esforçar-se para participar na vida e no crescimento do seu filho.

Antes de escolher deve ponderar bastante, as amizades de 5 minutos são aquelas que não persistem a uma zanga ou a um desacordo de de opiniões.

Deve basear a sua escolha numa amizade que já passou por algumas crises e mesmo assim resistiu.

5 Dicas para escolher a Madrinha dos seus filhos

#1

A madrinha deve estar presente no crescimento do afilhado, mesmo que essa presença não seja física, uma madrinha deve mostrar a sua presença através de telefonemas, video chamadas. Deve fazer questão de participar nos momentos importantes como aniversários, festas de escola, recitais e competições.

#2

A madrinha deve ser como uma segunda mãe, a sua função principal é educar a criança na fé cristã, mas também ajudar os pais a educar, aconselhar e incutir valores. Em caso dos pais morrerem, cabe aos padrinhos assumirem a responsabilidade de criar o afilhado.

#3

As madrinhas devem mimar os afilhados, mas sem deixar de respeitar os desejos da mãe e os seus princípios em termos de educação, alimentação e cuidados. Apesar de as madrinhas terem um papel mais leve na educação da criança, não a devem estragar nem nunca contrariar a vontade dos pais.

#4

O papel principal da madrinha é amar o seu afilhado incondicionalmente, amar e estar presente nos bons e nos maus momentos. Estar presente, especialmente, nos momentos em que o afilhado e os pais mais precisam de apoio, porque estar presente nos momentos bons é sempre mais fácil, difícil é estar quando as coisas não correm da melhor forma.

#5

Ser madrinha é receber de uma mãe a confiança para cuidar do filho como uma mãe, é uma responsabilidade, uma emoção, um orgulho. É ser mãe de um filho que se gerou no coração