Dicas para Encontrar um Pediatra de Confiança

0
388

Acompanhe algumas dicas para encontrar um pediatra de confiança. Com a felicidade da gravidez, geralmente as famílias se preocupam apenas em procurar um bom obstetra para acompanhar a gestação.

Afinal de contas um pré-natal completo é fundamental para a saúde e desenvolvimento do bebê e também para a saúde da futura mamãe.

Entretanto, é muito importante que os pais procurem o quanto antes um pediatra para realizar todos os tratamentos e consultas do filho durante sua infância.

Não é fácil encontrar um pediatra. O ideal é procurar recomendações entre as suas amigas e familiares.

Dicas para encontrar um pediatra

O pediatra é um grande parceiro dos pais, ele é o profissional responsável por cuidar da saúde e desenvolvimento da criança. Isso quer dizer, que é muito importante encontrar um pediatra de confiança, e se sentir confortável com ele.

Para encontrar um pediatra o indicado é entrevistar diversos profissionais.

A melhor hora para procurar um pediatra é no último trimestre de gestação. Para conseguir uma lista de candidatos, peça recomendações ao seu médico, parentes e amigos.

Entrevista com pediatras

Por volta da 30ª semana de gravidez, marque uma consulta para você e o pai do bebê com alguns pediatras locais. Cada entrevista deve durar no máximo 20 minutos. Não é um bom sinal se o médico não puder se encontrar com você. Risque-o da lista.

Na entrevista com o pediatra, os pais ou responsáveis pelo bebê devem ficar atentos a diversas coisas como: ver se a sala de espera é limpa, iluminada ou divertida, se é tranquila e segura; olhe os profissionais trabalhando com as crianças, perceba o interesse do pediatra em você e as expectativas dele sobre o seu bebê e veja se o estilo e personalidade do médico combinam com você.

Perguntas específicas que devem ser feitas para o pediatra

Qual o horário de atendimento?

Como podemos ver um profissional fora desse horário?

Quando posso ligar para você e seus funcionários?

O que faremos em uma emergência, quando você não estiver disponível?

Podemos ligar com perguntas que não exijam uma consulta? Você cobra pelo tempo no telefone?

Quanto tempo dura suas consultas? (Uma boa resposta é no mínimo 15 minutos ou mais)

Quais hospitais você trabalha e quais são os planos de saúde que você atende?

Quando trarei meu bebê para sua primeira consulta? (Uma resposta boa seria na primeira semana, principalmente, se a mulher ficou pouco tempo no hospital)

Como você apoia a amamentação?

Após o pediatra começar a atender seu filho, faça o teste por alguns meses.

Se gostar do serviço do médico continue com ele, mas se não se sentir confortável com alguma coisa, dispense os serviços do profissional e procure outro pediatra, continue a busca até se sentir confortável com o profissional.

Lembre-se que o bebê é um ser indefeso que necessita da proteção dos pais. Outra coisa esteja presente em todas as consultas.