8 dicas para o sexo durante a gravidez

ADs

A gravidez não é um obstáculo para o sexo, desde que a mulher sinta vontade, a gestação corra bem e ela seja liberada pelo médico.

Algumas mulheres não se sentem à vontade devido à grande quantidade de hormônios e aos desconfortos típicos dessa fase. A gravidez é sinal de enjoos, fadiga e estresse para algumas mulheres.

Nem todas são iguais, por isso, o que manda é seu desejo e a sua saúde

De qualquer maneira, o sexo não faz mal ao bebê se a gestação não correr perigo

1. Pergunte ao médico e drible o desconforto

Somente ele vai dar o sinal verde para a prática sexual. Se ele liberar e os sintomas das primeiras semanas deixarem a libido em baixa, sem problema, espere a vontade aparecer e aproveite.

ADs

2. Você está linda e continua mulher

O corpo vai mudar e isso também pode ajudar na libido. Os hormônios deixam a pele e os cabelos mais bonitos e os seios ficarão lindos.

3. Fale com o parceiro

Garanta que o parceiro sabia como você se sente e, se for preciso, peça ajuda para continuar a se sentir desejada.

4. Não fabrique problemas

Aproveite o momento, invista na sua sensualidade e não deixe de fazer o que gosta para se sentir bem.

Se você seguia uma rotina de beleza, tente manter, desde que não traga riscos ao bebê.

ADs

5. Autoestima

Você estará em um momento único e isso pode ser excitante. Não há porque imaginar os aspectos negativos porque, na verdade, eles podem nem existir.

6. Leia

Há posições que favorecem o prazer do casal e não representam perigo para o bebê, independente da idade gestacional.

Leia sobre o assunto, busque e troque experiências.

7. Masturbação

Caso não se sinta segura com a penetração, tente a masturbação. Fale com seu parceiro sobre o assunto.

ADs

8. Produtos eróticos podem causar alergias

Gel e alguns lubrificantes podem causar alergias. Fale com seu médico sobre isto.

Relacionado: 5 benefícios do sexo durante a gravidez

Pub