Diferenças entre Contrações de Parto e de Treinamento

0
1516

Uma das principais dúvidas, especialmente, das mamãs de primeira viagem é como distinguir as Contrações de Parto das Contrações de Treinamento.

Quais são as principais diferenças entre os dois tipos de contrações, e como saber que chegou a hora de ir ao hospital. As contrações de treinamento são normais, no entanto, em caso de dúvida consulte sempre o seu médico.

As contrações de treinamento servem para preparar o útero e o colo uterino para o parto. São sentidas especialmente a partir do segundo trimestre e intensificam-se no final da gravidez.

Diferenças entre Contração de Treinamento x Contração de Trabalho de Parto

A forma como o corpo se prepara para o corpo varia muito. Algumas gestantes sentem contrações durante a segunda metade da gravidez, outras não chegam a sentir contrações até iniciar o trabalho de parto

As contrações de treinamento são espaçadas, variam na duração mas quase sempre acorrem em logos períodos de tempo. Podem aliviar estas contrações apenas mudando de posição. As contrações de parto são rítmicas e regulares, o tempo entre elas vai diminuindo. A dor não alivia mesmo mudando de posição.

O intervalo entre as contrações de trabalho de parto vai ficando menor. As contrações de treinamento duram pouco tempo, menos de 1 minuto, cerca de 15 a 20 segundos e aconteçam algumas vezes ao longo do dia.

A forma como acontece também varia, nas contrações de treinamento apenas uma parte da barriga fica dura. Nas contrações de parto, a barriga inteira endurece. A dor começa nas costas e vai até a parte baixa do abdômen.

Para distinguir uma da outra, o ideal é anotar sempre que sentir uma. Anote no intervalo de uma hora e verifique a frequência das mesmas.

Em caso de dúvida consulte o seu médico, eles são a melhor forma de avaliar a sua situação. O importante é relaxar.