5 Diferenças entre Mãe de Primeira Viagem e de Segunda

0
1213

Dizem que existem diferenças entre a primeira gravidez e as restantes. A verdade é que com o tempo e a experiência aprendemos a lidar com algumas situações de forma mais calma.

O amor de mãe não se divide multiplica-se. É uma grande verdade, mas a forma como se vive a gravidez e a maternidade é completamente diferente nas diferentes gestações.

Na primeira gravidez tudo é novidade, o bebe espirra e já estamos a ligar para o pediatra.

Tudo é novidade e o medo de errar é muito grande.

Diferenças entre Mãe de Primeira Viagem e de Segunda

#1 

Receios e medos

Outros medos

Com a gravidez e com o primeiro filho o maior medo é não fazer as coisas corretamente, tudo é novidade.

Na segunda gravidez o maior medo é não ter tempo para dar atenção aos dois, como lidar com as novas rotinas e gerir os sentimentos do mano mais novo.

#2 

Corrigir erros

Com o primeiro filho crescemos como mães, acertamos muitas vezes erramos outras tantas.

A segunda gravides é a oportunidade perfeita de corrigir erros e vivenciar melhor os primeiros tempos.

A mãe já possui a experiência em relação à amamentação alimentação, sono, doença…

#3

Poupança

Na primeira gravidez a vontade de comprar o enxoval e montar o quartinho do bebe é enorme, acabamos por comprar objetos que não utilizamos. Numa segunda gravidez os pais poupam tempo e dinheiro, já sabem o que é mesmo necessário e aproveitam muita coisa do primeiro bebe.

#4

Menos médico

No primeiro filho o pediatra passa a fazer parte da família, ligamos porque o bebe chora, porque o bebe não faz coco, porque o bebe dorme muito ou pouco.

A nossa insegurança só passa com as palavras oficiais do médico. Na segunda gravidez só ligamos para o médico em caso de necessidade, a experiência fala mais alto.

#5 

Menos fotos mais experiências

O tempo passa a correr temos um bebé e de repente já anda corre, fala e quer brincar com os coleguinhas.

No primeiro filho registamos todos os momentos o primeiro choro, a primeira papa, o primeiro dente, registamos todos os momentos especiais.

Num segundo filho estamos mais presentes, aproveitamos melhor cada momento porque sabemos que passam demasiado depressa. Menos fotografias mas mais recordações.