Dor na ovulação pode ser gravidez? Conheça as causas e o que fazer

0
314
dor na ovulação
Crédito: Freepik

A ovulação é a fase do ciclo menstrual que antecede a menstruação. Nos dias da ovulação o óvulo está maduro e esperando pelo espermatozóide para que seja fecundado. Nesse período, muitas mulheres podem sentir dor na ovulação. Essa dor pode ser provocada por diferentes fatores. Veja agora quais são, conheça os sintomas e o que fazer para tratar.

Principais causas para a dor na ovulação

O óvulo se liberta do ovário para se preparar para a possível fecundação cerca de 14 dias antes da menstruação. Esses 14 dias são o período fértil que é quando a mulher está mais propensa a engravidar. Quando ocorre essa liberação do óvulo ele vai causar um desconforto na maioria das mulheres, já que se movimenta para fora do ovário. Então, um certo desconforto é considerado normal. Mas quando ele é mais intenso, pode ser causado por outros fatores, como:

Dor na ovulação por endometriose

A endometriose, de acordo com o Dr. Drauzio Varella,  é uma condição em que quando o óvulo não é fecundado, o endométrio que reveste a parte interna do útero se transforma em menstruação para ser eliminado do corpo. Mas ele pode não sair apenas pelo canal vaginal, e sim, se espalhar para outras regiões, inclusive fora do aparelho reprodutor da mulher, como intestinos, bexiga e pelve.

Ele vai ficar instalado nessas regiões e vai causar dores em todos os períodos menstruais, já que ele continua tendo uma carga hormonal que se manifesta nesse período, além de causar inflamação.

Doenças sexualmente transmissíveis

causas de dor na ovulação
Crédito: Freepik

Algumas doenças sexualmente transmissíveis podem causar dor na ovulação e também fora desse período porque provocam inflamações e cicatrizes em volta das trompas. É necessário ir o quanto antes ao ginecologista, não apenas para tratar da dor, mas para evitar que a doença se agrave, prejudicando a qualidade de vida.

Dor na ovulação por cisto no ovário

Segundo o Dr. Igor Padovesi, os cistos não necessariamente são uma anormalidade e vão causar problemas, embora exista o risco. Mas, de modo geral, são considerados normais, de causa fisiológica, que aparecem e desaparecem espontaneamente. Em alguns casos eles podem causar a dor na ovulação, dependendo do motivo pelo qual se formaram. O médico irá chegar ao diagnóstico por meio de exames e dizer à paciente o que pode e o que deve ser feito em cada caso.

Gravidez ectópica

Também conhecida como gravidez tubária, esse fenômeno ocorre quando o óvulo é fecundado, mas devido a alguma obstrução que encontra pelo caminho, não consegue chegar ao útero e morre. Logo, também vai causar dor e precisa ser removido com urgência para não causar complicações na saúde da mulher. Nesse caso, a dor não vai ocorrer na ovulação em si, mas dias depois, caso haja fecundação.

Apendicite

A apendicite ocorre fora do sistema reprodutor da mulher, mas causa uma forte dor porque se trata de uma inflamação no apêndice, que fica localizado no lado inferior direito do abdômen. Essa inflamação ocorre geralmente por uma obstrução por fezes que vazam do intestino, acumulando bactérias e causando a inflamação com muita dor.

Nesse caso, a dor na ovulação pode não ser causada por algum problema no sistema reprodutor, mas apenas coincidir com a dor do apêndice no período de ovulação. Em muitos casos é necessário remover o apêndice cirurgicamente.

O que fazer para tratar a dor na ovulação?

como tratar dor na ovulação
Crédito: Freepik

Se a mulher perceber que a dor passa sozinha em pouco tempo e não reaparece, pode ser apenas um sintoma normal da ovulação, como já mencionado, causado pelo desprendimento do óvulo no ovário. Então, não precisa fazer nada.

Mas, caso a dor seja muito forte ou persistente por horas ou dias, deve consultar seu ginecologista para fazer mais exames e descobrir qual é a causa da dor. Como existem diferentes causas e que podem piorar caso não sejam tratadas, é importante buscar suporte médico o quando antes.

Enquanto o dia da consulta não chega, a mulher pode tentar aliviar o desconforto fazendo compressas quentes na região baixa do abdômen. Se não tiver problemas com medicação, como alergias, poderá fazer uso de um anti-inflamatório e analgésico simples. Mas não deve tomar remédios por conta própria se estiver tentando engravidar, pois há o risco de eles atrapalharem o seu tratamento e a ovulação.

Depois de ir ao médico, o tratamento dependerá do diagnóstico. Em alguns casos de endometriose, pode ser necessário fazer uso de anticoncepcional para evitar a menstruação, caso a mulher não queira engravidar.

O cisto no ovário, caso esteja causando muita dor e dependendo da causa, poderá ser tratado ou removido cirurgicamente.

Se for diagnosticada gravidez tubária, também é necessário fazer a curetagem para remover o óvulo fecundado e limpar a região.

Se for apendicite, dependendo do caso é mais seguro fazer cirurgia para remoção desse órgão que não irá fazer falta e as dores serão eliminadas.