Estar grávida e menstruar, pode ser?

Não é possível estar grávida e menstruar, por isso é importante verificar o que poderá ser o sangramento.

0
1233

Estar grávida e estar menstruada não é, nem um pouco, normal. Vamos primeiro ficar a saber o motivo. Ora a menstruação acontece no corpo da mulher quando o óvulo libertado pelo ovário não é fecundado, não existindo gravidez.

Estar gávida e estar menstruada não é o esperado

Por outro lado, quando o ovário se dirige ao útero, através da tuba uterina (período fértil de 4 a 8 dias), e é fecundado pelo espermatozóide, passa a ser célula ovo e continuará até ao útero. Nesta altura o útero começa a adaptar-se para receber o embrião durante a gestação. Verifica-se então o espessamento e aumento da irrigação do endométrio, a parede do útero, ao qual são acrescidas mais camadas de células. O embrião ao fixar-se no útero, o útero altera o endométrio que não descamará. Mas se não houver fecundação, esta parede perde as camadas de células que foram adicionadas para receber o futuro embrião, mas afinal ele não chegará.

Essas células acabam por sair do corpo da mulher através da menstruação. Na gravidez, o que normalmente acontece (e é chamado menstruação), são células, por vezes escuras ou com coagulos.

É importante estarmos atentas a todo o tipo de sangramentos mais fluidos e com cor mais viva e procurar de imediato um médico, que fará todas os exames, para perceber do que se trata. No caso de estar grávida o médico poderá prescrever um tratamento adequado para que bebê e mamãe tenham uma gestação sem riscos.

Relacionado: Por que é possível menstruar mesmo sem ovulação?

Causas de sangramentos que não são menstruação:

1.Todas as alterações hormonais que nosso corpo está vivendo no seu interior poderá originar pequenos sangramentos, acontecendo com maior frequência no início da gravidez, quando o útero está se preparando para receber seu bebê. Mas isso não pode nunca confundir-se com menstruação.

2.Também pode ocorrer infecção no colo do útero ou uma gravidez ectópica, que se gera fora do útero, nas tubas uterinas.

Sempre que identificar um sangramento, procure seu médico.

Compartilhe essa dica!