Comer gengibre coloca a gravidez em risco?

Veja o que uma obstetra tem a dizer sobre isso

0
3270

Muito se fala das propriedades do gengibre (conhecido também como mangarataia) originário da Indonésia, Índia e China, e que se utiliza muito em várias situações. Esta raiz (ou rizoma) é muito usada na culinária, para dar um travo picante ou usado como confeito quando cristalizado, e na medicina, acima de tudo pela sua ação anti-inflamatória.

“O estudo não diz que quantidade pode, ou é seguro, ser ingerida.”

Mas quando falamos de gravidez, o inocente tempero vira um assunto polêmico. Há quem diga que pode ser bastante prejudicial, e quem acha que é apenas um mito. Será?

Grávidas podem ou não consumir gengibre?

A obstetra e ginecologista Patrícia Varella, formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, esclarece que “o gengibre não é prejudicial”, reforçando que é um produto empregado em fins terapêuticos, usado por grávidas para ajudar no caso de náuseas ou enjoos.

Mas aquilo que as gestantes devem ter muita atenção é na quantidade consumida. “Há estudos que afirmam que pode provocar risco de aborto espontâneo ou problemas com o feto, se for consumido em grande quantidade” mas, refere a médica, “o estudo não diz que quantidade pode, ou é seguro, ser ingerida”. Se for usado na gastronomia, uma pitada, que é o que usualmente se coloca, não vai provocar nenhum problema.

Mas, se estiver a pensar consumir gengibre em grandes quantidades, para emagrecer por exemplo, é melhor ter mais cuidado. Mesmo com suas propriedades, o gengibre não será a solução milagrosa para perder peso, porque aquilo que essa raiz faz é evitar a retenção de líquidos e, por isso, o corpo fica menos inchado, ajudando também na diminuição do colesterol mau, além de evitar coágulos no sangue.

São indiscutíveis as propriedades medicinais do gengibre, mas tudo dependerá de cada indivíduo, do seu histórico médico, a sua constituição física, o seu registro de intolerâncias. “No caso de gestantes, o melhor sempre é não arriscar e aconselhar-se com o seu médico”, recomendação que foi deixada pela obstetra e ginecologista Patrícia Varella.

Veja que outros benefícios o gengibre possui, mas nunca consuma nada sem falar com seu médico primeiro:

https://youtu.be/IO-87UM18Vk

Se sente mais confiante com sua gravidez? Fale para a gente e conte como as coisas estão correndo com você!

Compartilhe essa dica!