Histórias infantis que trazem ensinamentos para a vida

0
4414
Crédito: Freepik

Contar histórias faz parte da natureza humana, por isso, desde que os bebês nascem, os adultos já começam a lhes contar historinhas simples, dos mais variados tipos, para se acostumarem com esse hábito. Entre um leque bem variado, a maioria são histórias infantis que trazem ensinamentos para a vida.

Elas começam apresentando os personagens, então surge um problema para resolver, aí vem o desenrolar da história e, por fim, a solução: uma lição de vida que nem sempre a criança vai compreender na hora, mas vai guardar na memória e acabar entendendo em outro momento.

Se você está em busca de histórias infantis com a intenção de transmitir algo positivo para as crianças, veja a seguir uma seleção bem interessante.

Veja também: ideias de brincadeiras para fazer em casa

Histórias infantis que trazem valores para a vida

Mesmo que algumas histórias infantis tragam ideias novas para a criança, que ela vai precisar da explicação do adulto para começar a compreender, é importante abordar temas que vão fazer parte da formação intelectual, da personalidade e do caráter da criança.

As histórias infantis que vai ver a seguir são justamente para isso: agregar valores e falar sobre o que é certo e errado.

As Aventuras de Pinóquio

histórias infantis pinóquio
Crédito: Uma História para Dormir

A história do Pinóquio é bem antiga, de 1881, e bastante conhecida em várias partes do mundo.

Você pode encontrá-la tanto em livros quanto na forma de filme para reforçar as lições de que não se deve confiar em estranhos, é preciso saber escolher as amizades, sempre suspeitar do que é fácil demais e, o principal, que a mentira tem perna curta.

Chapeuzinho Vermelho

histórias infantis chapeuzinho vermelho
Crédito: Uma História para Dormir

Essa também uma das histórias infantis mais clássicas, que quase todo mundo conhece. A Chapeuzinho Vermelho ensina aos pequenos ouvintes e leitores que nunca devem desobedecer as ordens dos pais, ou podem acabar com grandes problemas.

Assim como na história do Pinóquio, essa também ensina que não se deve confiar em estranhos, ainda que se pareçam educados e gentis, oferecendo coisas boas.

Os Três Porquinhos

histórias infantis três porquinho
Crédito: Uma História para Dormir

Falar de histórias infantis sem falar de Os Três Porquinhos é uma gafe. As crianças vão adorar essa historinha dos 3 irmãos que construíram cada um a sua casinha: de palha, de madeira e de tijolos.

Quando o lobo chega para capturá-los, acaba por sobrar apenas a casa mais resistente, a de tijolos, pois as outras ele sopra com tanta força que são destruídas.

Essa historinha traz a lição de que a união faz a força e de que é necessário dar o seu melhor, com muita dedicação e trabalho, para realizar o que se deseja.

O Patinho Feio

histórias infantis patinho feio
Crédito: Imagens de Alta Resolução

A história do Patinho Feio mexe com a sensibilidade emocional das crianças, e é justamente essa a intenção. A história tem o objetivo de ensinar que todas as criaturas são bonitas do jeito que são, mesmo sendo tão diferentes umas das outras.

Aliás, é justamente as diferenças que fazem cada um ser tão especial, por isso, todos merecem ser respeitados e amados.

A Lebre e o Jabuti

histórias infantis lebre e o jabuti
Crédito: Os Amiguinhos

A lebre é um animal muito ágil, enquanto o jabuti é bastante lento. Porém, os dois são espertos ao seu modo e cada um tem o seu valor. Nessa historinha, a lebre resolve apostar uma corrida com o jabuti, pois já sabe que vai vencer.

Porém, no meio do caminho, ela comete um grande erro: por subestimar a capacidade do jabuti de vencer a corrida, ela resolve parar e descansar. Ao adormecer na floresta, não percebe quando o jabuti passa por ela e acaba vencendo a corrida.

A lição é que nunca se deve julgar nem rir das outras pessoas por serem diferentes de você.

Também pode aproveitar a história para ensinar aos pequenos que, na vida, algumas vezes é preciso ser ágil, mas em outras é preciso ter paciência e prestar atenção nos detalhes.

Dicas de como contar as histórias infantis

Especialmente as crianças pequenas, com até 4 anos de idade, vivem num universo lúdico, ainda misturando a fantasia e a realidade. É justamente por isso que as histórias infantis são uma excelente ferramenta para a educação de casa.

Elas permitem que os pequenos participem do mundo dos personagens, facilitando a compreensão da lição que está sendo ensinada.

Mas, como os pequenos ainda não têm a habilidade da leitura, precisam dos adultos para tornar a história mais atrativa e para reforçarem o que a lição quer dizer. Então, veja como contar histórias para as crianças:

Prefira ler ao invés de colocar um vídeo

Todas essas histórias infantis mencionadas anteriormente podem ser encontradas em vídeo para as crianças assistirem. Porém, elas não têm o mesmo impacto de quando são narradas por alguém que a criança goste.

Então, aproveite para estreitar os laços com os pequenos e prefira ler as histórias e mostrar os desenhos em livros ao invés de sempre colocar os vídeos e deixar a criança sozinha. Vai ter muito mais emoção.

Assuma os personagens

Quando pegar um livro de histórias infantis para ler, prepare-se para atuar. A emoção só vai surgir se você fizer uma voz para cada personagem e contar a história com bastante entusiasmo.

Vai perceber no rosto da criança suas expressões correspondentes ao que está lhe contando. É muito mais divertido e envolvente, estimulando a criança a se interessar até o final e aprender uma nova lição.

Escolha os momentos certos e crie o cenário ideal

Se quiser que a criança preste atenção da história é preciso encontrar o momento certo para contar. Por exemplo, quando ela está sem fazer nada ou só assistindo a um desenho de que não gosta tanto, as histórias são uma boa oportunidade.

Prepare o ambiente, desligue a televisão e o tablet, organize um cantinho confortável e uma boa luz para trazer a criança para dentro da história. Ela vai adorar. Além de se divertir, também estará predisposta a ouvir a lição no final, explicada por você.