7 maneiras de agir com as mulheres grávidas

Evite invadir um momento importante

0
6787

A amiga, a colega de trabalho e, até mesmo as pessoas da família querem e necessitam de atenção e respeito quando anunciam a gravidez. Na maioria das vezes, o que elas têm é uma lista de pergunta para responder e algumas são desagradáveis.

1. Qual será o nome do bebê?

E se ela ainda nem sabe o sexo? E se ela ainda nem pensou nisso? Essa é uma decisão importante que será tomada, mas deixe a mulher anunciar, se quiser, os nomes que está pensando. Caso não goste de algum, lembre que o filho é dela.

2. Posso tocar sua barriga?

Esse é um dos pontos mais chatinhos para a mulher que está grávida, independente do estágio. Tocar a barriga é um momento íntimo que ela vai querer dividir com quem escolher, não force a barra. Você gosta de alguém estranho te tocando?

3. Tratar como uma doente

Ela vai ter um bebê, ponto. Ser tratada como uma pessoa doente também significa ser tratada como incapaz e ninguém gosta disso.

4. A gravidez dela é um choque para você

Por quê? Independente da idade, da condição social, da quantidade de filhos e qualquer outra coisa que julgue ponderar, a gravidez é dela.

Não tente definir regras para outra pessoa. Isso não funciona e pode magoar.

5. Evite narrar histórias de parto e de alguma gravidez sem sucesso

O parto normal demorou horas, a cesariana foi uma experiência ruim, houve um aborto no quinto mês. Não recheie de maldade a experiência que não é sua.

6. Poupe sua conhecida de anunciar a gravidez dela nas redes sociais

Isso. A gravidez é dela e, se ela estiver com vontade de postar isso para o público, será por conta própria, não sua.

7. Puxa! Você engordou…

Esse é um ponto interessante na gravidez porque as mulheres engordam. Fazer com que essa condição natural e esperada seja desculpa para tratar de estética não cai bem.

Relacionado: Como agir com as visitas na maternidade?