Meu bebê tem marcas de nascença. Pode ser perigoso?

Saiba o que fazer ao encontrar essas marcas no seu bebê

0
8715

É muito comum que os recém-nascidos apresentem marcar de nascença. Essas manchinhas podem acompanhá-los durante toda a vida ou ir desaparecendo aos poucos com o passar dos meses.

A maioria dessas marcas são classificadas como vasculares ou pigmentares.

Manchas vasculares

As manchas vasculares são causadas por acumulo de vasos sanguíneos sob a pele e variam entre cor-de-rosa e arroxeado.

Manchas pigmentares

Acontecem como resultado de um desenvolvimento anormal de células de pigmentação. Elas adotam cores que variam entre marrom, cinza, azuladas ou pretas.

Essas manchas são tão comuns que acabam sendo cercadas por histórias folclóricas, mas elas não são motivos de preocupação. Muitas pessoas acreditam que as manchas aparecem porque a mulher, durante a gestação, deixou de cumprir algum daqueles desejos repentinos. Mas isso não é verdade. Essas manchas fazem parte do desenvolvimento gestacional do seu filho e não trazem riscos a ele.

Tipo mais comum das manchas

Algumas marcas de nascença podem ter formas e cores diferente. Trouxemos para você algumas delas:

  1. As manchas rosas ou avermelhadas são as mais comuns nos bebês e, geralmente, aparecem na nuca, testa ou pálpebras.
  2. As manchas planas, de tons marrom-claro normalmente aparecem em conjunto. São manchas pigmentares que costumam ir clareando durante o tempo.
  3. Manchas de vinho são aquelas marcas vasculares vermelho-escuras que podem aparecer em qualquer lugar do corpo. Elas geralmente crescem junto com a criança.
  4. As manchas azuladas ou acinzentadas  costumam aparecer nas costas ou no bumbum do bebê. Elas podem ir clareando com o crescimento da criança, mas geralmente não desaparecem.
  5. Outro tipo de manchas é chamado Hemangioma. Eles são uma espécie de má-formação vascular e tanto podem ser pequenos e discretos, como podem ser grandes e desfigurantes. Eles geralmente aparecem em meninas, gêmeos e bebês prematuros.
As manchas de nascença são mais comuns do que imaginamos

Preciso me preocupar com as manchas de nascença?

Na maioria das vezes, não! No entanto, é necessário prestar atenção em algumas exceções:

  1. Grandes hemangiomas devem ser acompanhados por um médico, pois podem afetar a criança esteticamente ou se desenvolverem dentro do corpo, longe dos olhos dos pais.
  2. As manchas de vinho quando aparecem próximas aos olhos podem ser sinônimo de uma doença que causa convulsões ou problemas na vista.
  3. As manchas nas costas devem ser analisadas por um médico para verificar a possibilidade de causarem danos à formação da coluna.
  4. Quando o conjunto de manchas café com leite forem maiores que 6, é preciso procurar um médico. Esse pode ser um sinal de desenvolvimento da neurofibromatose tipo 1, que pode afetar o aprendizado da criança.
  5. Manchas muito grandes correm o risco de se tornarem marcas cancerosas no futuro

Relacionado: Tudo o que você precisa saber sobre a linha nigra

Como proteger o meu bebê?

Em alguns casos é possível retirar essas manchas através de intervenção cirúrgica. Caso o médico prefira não mexer na marca, é porque ela provavelmente não traz perigo à criança e irá desaparecer com o passar dos anos.

Existem médicos especializados na identificação dessas manchas, por isso é extremamente importante procurar orientação clínica e, em determinados casos, buscar a opinião de cirurgiões plásticos, cirurgiões vasculares e dermatologistas.

Além da alternativa cirúrgica, existem tratamentos a laser e a partir de administração de remédios ou pomadas. Nesse caso, é provável que seu filho carregue pequenas cicatrizes no lugar das manchas.

O que você pensa sobre esse assunto? Deixe-nos sua opinião através dos comentários e lembre-se de compartilhar esse artigo com suas amigas