Morte súbita em bebês: 11 Dicas de prevenção

Apesar de não haver uma causa definida, existem cuidados que ajudam a prevenir a morte súbita

Crédito: Freepik
ADs

É chamado de Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI) quando, crianças menores de 1 ano, aparentemente saudáveis, morrem de forma inesperada e inexplicável durante o sono. Claro, nem sempre é uma morte inexplicável, como quando a falta de cuidado leva à morte súbita de um bebê que já tinha essa predisposição.

O que causa a morte súbita em bebês?

Não há uma resposta concreta, mas existe uma possibilidade que os médicos consideram em casos de morte súbita em bebês.

Nesses casos, a morte pode estar relacionada ao mecanismo que controla a respiração durante o sono, por uma parte do cérebro ainda imatura, que vai se desenvolvendo ao longo do primeiro ano de vida.

Então, quando o bebê apresenta alguma disfunção nesse mecanismo, sua respiração deixa de ocorrer natural e involuntariamente, e ele morre.

ADs

Além dessa possibilidade, também existem fatores de risco como nascimento prematuro com baixo peso, infecções respiratórias e a falta de alguns cuidados que os pais podem tomar, como você vai ver no tópico a seguir.

Dicas para evitar a morte súbita em bebês

Quando uma possível causa da morte súbita em bebês é combinada com a falta de certos cuidados na rotina de sono da criança, o risco da morte aumenta. Veja quais são esses cuidados:

  1. Alimentar o bebê com leite materno, que é o alimento completo para manter o organismo dele mais protegido e fortalecido contra os riscos da morte súbita;
  2. Colocar o bebê para dormir com chupeta para aumentar o funcionamento do sistema parassimpático, assim ele vai despertar mais vezes, mesmo que não fique totalmente acordado;
  3. Colocar o bebê para dormir sempre de barriga para cima. Se ele se virar durante o sono, voltar a virá-lo de barriga para cima;
  4. Colocar o bebê para dormir sempre no berço, que deve ficar dentro do quarto dos pais, desde que não sejam fumantes;
  5. Evitar colocar cobertores ou mantas pesadas no berço, pois o bebê pode se virar e se enrolar ou ser totalmente coberto;
  6. Evitar colocar protetores de berço muito macios, pois se o bebê se virar contra o protetor, poderá ser asfixiado;
  7. Evitar colocar um travesseiro muito macio, pelo mesmo motivo do protetor. Se o bebê virar o rostinho contra o travesseiro, não conseguirá se virar de volta e será sufocado;
  8. Vestir o bebê com pijamas de manga longa e calça comprida, com tecido quente, e cobri-lo só com um lençol fino;
  9. Em dias frios, além do pijama, cobrir o bebê com uma manta polar e prender as laterais da manta por baixo do colchão;
  10. Não colocar o bebê para dormir na mesma cama dos pais;
  11. Posicionar o bebê com os pés encostados na borda inferior do berço, evitando que ele deslize e fique por baixo das cobertas.

Veja também: Saiba se o seu bebê está respirando naturalmente

ADs
Pub