Seu pé pode mudar pra sempre durante a gravidez

Pesquisas afirmam que essa é uma antiga reclamação das mulheres

0
25564

Você já foi mãe e percebeu que seu pé nunca mais foi o mesmo? Você está grávida e acha que seu pé está um pouco diferente do que era antes? Bem vinda ao grupo!

Depois de ouvir reclamações de centenas de mulheres, pesquisadores da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, decidiram fazer um estudo sobre a mudança que ocorre nos pés durante a gravidez, pois não haviam explicações científicas sobre o caso.

O resultado encontrado pela pesquisa foi que um dos maiores questionamentos das mulheres era o achatamento dos pés e isso se dá pelo excesso de peso do corpo sobre esses membros.

A altura e a rigidez da sola dos pés diminuem entre o primeiro trimestre de gravidez e os cinco primeiros meses após o parto.

Os pesquisadores também perceberam um aumento entre 2 e 10 milímetros no comprimento dos pés de 49 mulheres, sendo esse o motivo para o aumento no número dos sapatos.

O estudo explica que essas mudanças ocorrem na primeira gestação da mulher e que, muito raramente, as próximas gestações irão influenciar no tamanho e formato dos pés.

O inchaço dos pés acontece em quase 100% das mulheres

Neil Segal, coordenador da pesquisa, já planeja novos estudos para saber se essas alterações na anatomia dos pés podem causar problemas no corpo da mulher anos depois. Sabe-se que as mulheres que tiveram filhos são mais afetadas por problemas osteomusculares, e é provável que essas mudanças sejam causadas pelo peso extra conquistado na gravidez.

Ele promete descobrir se essas mudanças nos pés, ocorridas no período gestacional, são o motivo de as mulheres terem mais riscos que os homens de sentirem dores e desenvolverem artrites nos pés, joelhos, quadris e colunas.

Relacionado: Tudo o que você precisa saber sobre as dores nas costas na gravidez

O que você pensa sobre esse assunto? Seus pés mudaram durante a gravidez? Então conte-nos sua experiência através dos comentários e lembre-se de compartilhar esse artigo com suas amigas.

Fonte: Crescer