Mulher fica infértil depois de descobrir câncer que achou que era dor de barriga

Ela não mantinha a rotina de fazer o Papanicolau e, por isso, descobriu o tumor quando já estava com sete centímetros

Crédito: Reprodução
ADs

Aos 29 anos de idade, Leanne Shields teve a notícia de que não poderia mais pensar em ter filhos. Tudo porque ela foi ao médico devido a uma dor de barriga e descobriu que estava, na verdade, com câncer cervical em estágio 2.

Crédito: Reprodução

“Eu não tinha nenhum sintoma, só comecei a sentir uma dor de barriga”, contou ela.

De início, Leanne achou que as dores na barriga eram gases. Mas viu que poderia ser algo mais preocupante quando começou a sangrar fora do período menstrual. Ela chegou a ir ao médico para falar sobre o sangramento, mas lhe disseram que era a adaptação ao novo anticoncepcional.

Porém, o sangramento continuou por 7 meses. Preocupada, Leanne foi novamente ao médico e, quando fez um exame Papanicolau, descobriu o tumor de 7 centímetros no colo do útero. A partir daquele momento, foi desvendado o motivo dos sangramentos e das dores.

ADs
Crédito: Reprodução

Então, com o diagnóstico feito, agora a jovem teria que se preparar para o tratamento, que precisava começar imediatamente. Leanne precisou fazer radioterapia, braquiterapia e 5 semanas de quimioterapia, que é a parte mais debilitante do tratamento para câncer.

Após alguns meses se tratando, ela entrou na menopausa precoce, que é bem comum nesses casos. Por conta dos danos causados no seu sistema reprodutor e da redução dos hormônios, Leanne soube que não tinha mais condições para engravidar.

Crédito: Reprodução

“Pense no que você quer que sua vida seja. Se você quer ser mãe, faça o Papanicolau ou pode acabar como eu e não poder ter filhos. Tenho 29 anos e agora estou na menopausa. Eu queria meus próprios filhos, mas agora não posso. Meus ovários estão acabados”, disse.

Atualmente, em abril de 2021, Leanne ainda está esperando para saber os tratamentos trouxeram a cura, e ainda se recupera de tudo o que acabou de viver ao longo do último ano, que já estava sendo pesado o bastante por causa da pandemia.

ADs

Sintomas do câncer cervical

Todas as mulheres, a partir do mês seguinte em que menstruam pela primeira vez, devem fazer o exame Papanicolau uma vez ao ano para prevenir doenças no seu aparelho reprodutor ou, ao menos, descobri-las precocemente e aumentar as chances de cura. Se tiverem algum sintoma relacionado abaixo, devem ir ao médico o quanto antes, pois existe o risco de ser câncer cervical:

  • Desconforto ou dor durante o sexo
  • Dor na parte de baixo das costas
  • Fluxos vaginais estranhos
  • Fraqueza e palidez (pode ser anemia por causa dos sangramentos)
  • Perda de peso não intencional
  • Sangramento anormal (durante ou após o sexo, entre menstruações e também após a menopausa)

Pub