Mulheres que Comem Menos Carboidratos têm mais Chances de Engravidar

0
1168

Os carboidratos são nutrientes encontrados nos alimentos que são fundamentais para a nossa saúde e desenvolvimento.

Sem falar que os carboidratos são os responsáveis por dar energia para realizar todas as atividades do dia a dia.

Porém uma pesquisa afirma que mulheres que comem menos carboidratos têm mais chances de engravidar.

Menos carboidratos mais chances de engravidar

A vida das mulheres que tentam engravidar ou fazem tratamento de fertilização se resume a sempre estar de olho nas novidades em relação ao assunto.

Pois tudo que pode aumentar as chances de engravidar e realizar o sonho de ter um bebê é uma tentativa muito válida.

Uma pesquisa recente feita pela empresa britânica Balance Fertility, analisou o estilo de vida e outros fatores relacionados à fertilidade e descobriu que uma dieta com baixa ingestão de carboidratos pode aumentar muito as chances de engravidar. Inclusive, nos casos das mulheres que vão fazer fertilização.

De acordo com os médicos que participaram do estudo, uma porção de carboidrato por dia é o limite.

A indicação dos especialistas é tentar cortar da alimentação, os pães, especialmente, os brancos, macarrão e os cereais do café da manhã.

Alguns médicos aconselham mudar radicalmente a dieta, pelo menos durante a fase de tentar engravidar.

Os altos níveis de carboidratos, especialmente os refinados, atacam as funções metabólicas do organismo.

O excesso de carboidratos pode levar a obesidade, o que já diminui as chances de engravidar.

Carboidratos e Gravidez

Especialistas internacionais certificaram que mulheres com menor consumo de carboidratos tinham até cinco vezes mais chances de sucesso ao tentar ter um bebê em comparação com mulheres que consomem carboidratos sem nenhum controle.

A alimentação ideal para as mulheres que querem engravidar é composta por: proteínas, vegetais frescos e uma porção diária de carboidratos.

Especialistas ainda afirmam que a dieta de hoje é uma das principais causas de problemas de fertilidade. A comida moderna é rica em carboidratos, com muito sabor e barata, por isso, as pessoas se acostumaram a consumi-la.

Já especialistas brasileiros dizem que nenhum alimento tem tanta influência direta em um processo de fertilização. Inclusive não é certeza que o carboidrato prejudica o processo de fertilização e por consequência a gravidez.

Para os médicos brasileiros para aumentar a fertilidade é preciso adotar uma alimentação balanceada, complementada com a prática de exercícios físicos e regulares e a outros hábitos saudáveis como parar de fumar e ingerir bebidas alcoólicas.

Alimentos industrializados, ricos em conservantes e carboidratos devem ser evitados em todas as épocas da vida, não só quando quiser engravidar. Não é para tirá-los totalmente da alimentação, mas devem ser consumidos em pouca quantidade.