Para que serve o ácido fólico na gravidez

0
2785

Mesmo antes de engravidar o casal deve consultar o médico e fazer os exames de rotina. Nestas consultas o médico vai receitar o ácido fólico.

A mulher começa a tomar o ácido fólico antes da gravidez e durante grande parte da gravidez.

O ácido fólico é uma vitamina B9. Ela ajuda a prevenir alguns defeitos de nascença no cérebro e medula espinhal.

Benefícios do ácido fólico

O ácido fólico ajuda a prevenir certos defeitos congênitos durante a gravidez. Entre os problemas mais comuns a falta desta vitamina pode causar problemas como:

espinha bífida

anencefalia

lábio leporino

fenda palatina

doenças cardíacas

anemia na mãe.

bebê prematuro e com baixo do peso normal.

O consumo de ácido fólico pode diminuir o risco de pré eclampsia durante a gravidez.

Ácido Fólico na Gravidez

Estudos revelam que as mulheres que tomam ácido fólico pelo menos um mês antes de engravidar e durante o primeiro trimestre da gestação reduzem o risco de o bebê ter problemas do tubo neural entre 50 a 70 %.

Durante a gravidez a grávida deve tomar comprimidos com este suplemento. O ácido fólico encontra-se em diversos alimentos como frutas, verduras, grãos, no entanto, a quantidade que fornece não é suficiente para uma gravidez.

A suplementação de ácido fólico deve começar pelo menos um mês antes da gravidez. Ela é muito importante nas primeiras oito semanas após a concepção, altura em que acontece o desenvolvimento do sistema nervoso e tubo neural do feto.

Excesso de ácido fólico

A mulher deve seguir sempre a dose recomendada pelo médico, normalmente, um comprimido por dia.

Quando a dose ácido fólico diária é ultrapassada podem surgir sintomas como náuseas constantes, inchaço abdominal, excesso de gases ou insônia.

Se sentir estes sintomas consulte o seu médico. Pensa-se que uma suplementação em excesso durante a gravidez pode provovar autismo na crianças, já que as crianças com autismo possuem valores mais altos desta vitamina.