Saiba tudo sobre um parto natural e as alterações corporais que levam ao nascimento!

Confira todas as alterações corporais e fases provocadas pelo nascimento.

0
27307

Você vai aprender muito sobre parto através dele. O parto natural é bem mais saudável e recomendado do que o parto cesáreo. Ele garante maior segurança e menos agressividade, quer para o feto quer para a gestante. Ele promove menos hemorragias na mãe e facilita o processo respiratório do bebê, já fora da barriga. O parto natural torna a recuperação da mãe bem mais rápida e menos dolorosa. Quanto à cicatriz, esta também é menor e o nascimento pode ser feito com ou sem anestesia, reduzindo o risco de complicações pós-parto. Geralmente a opção natural é mais longa, mas facilita a amamentação e a prematuridade do bebê.

As fases do parto

Nas semanas antes do parto, o corpo produz menos progesterona e aumentam os níveis de outros hormônios. As prostaglandinas amaciam o colo do útero e a citocina provoca as contrações.

Em questões práticas, o parto funciona da seguinte forma:

1. As contrações do trabalho de parto são ritmadas e doloridas e vêm cada vez mais fortes.

2. Os músculos uterinos ficam mais tensos e fazem o colo do útero se abrir.

3. Depois, os músculos no colo do útero contraem e relaxam, empurrando o bebê para baixo.

4. O tampão é uma camada de muco que fecha o colo do útero. Este pode ser eliminado alguns dias antes ou então no meio do trabalho de parto. Quando a bolsa rompe, o líquido amniótico escapa às vezes em grande quantidade, às vezes aos poucos. O colo do útero começa a dilatar e a ficar mais fino.

5. Quando a dilatação chega a 4 cm, começa a fase ativa do trabalho de parto com contrações mais fortes e frequentes.

6. Com 8 cm começa a parte mais dolorida do parto. A dilatação é considerada total quando chega a 10 cm.

7. Entretanto, pode surgir aí uma grande vontade de fazer força. Isso quer dizer que começou a fase expulsiva do parto. A cada contração o bebê desce mais.

8. Os ossos da cabeça se aproximam para que ele passe pelo canal de parto, que é estreito. A cabeça do bebê fica visível por fora e está chegando o grande momento.

9. Com mais algumas contrações e um pouco de força aparece o rosto, os ombros e o resto do corpo do bebê.

10. Nesta última fase do parto, a placenta se desprende e sai. O bebê começa a respirar sozinho e a incrível aventura do parto termina.

Se é uma futura mamãe ou papai e está a ler este artigo, tente relaxar! Lembre-se que estarão sempre acompanhados por médicos especialistas! O momento pode parecer doloroso, mas certamente será um dos melhores da sua vida!

Confira o vídeo: