Pegar bebê no colo gera adultos seguros e sociáveis

0
12615

Toda a mãe vive ouvindo que não deve pegar a sua criança no colo. O argumento chave é o hábito. Essa opinião antiga, que não tardará a cair em desuso, defende que o excesso de colo vai tornar o bebê dependente e mimado. Mas o que acontece quando damos colo para os nossos filhos é bem mais vantajoso.

O colo é uma demonstração de afeto fundamental para o desenvolvimento emocional e para a saúde mental da criança.

Pegar a criança no colo traz benefícios para o desenvolvimento cerebral

Os benefícios do colo para o desenvolvimento das crianças foi objeto de um estudo elaborado pela Universidade de Notre Dame, nos EUA. A equipe de psicólogos que liderou a investigação concluiu que o colo durante a primeira infância traz inúmeros benefícios. Vai gerar adultos menos propensos a distúrbios de ansiedade e com capacidades de sociabilização mais fortes.

Esses cientistas salientam a importância do primeiro ano de vida para o desenvolvimento cerebral. Estímulos positivos como abraços, carinhos e o próprio colo vão fazer com que as crianças se sintam mais calmas e seguras. Isso porque durante esse período os sistemas corporais e neuronais ainda estão sendo criados, e o toque vai ter um papel essencial nesse processo. Em oposição, uma criança que é deixada a chorar vai ter mais chances de crescer com estresse e inseguranças.

Crianças amadas transformam-se em adultos emocionalmente equilibrados

Não só o colo não deixa o bebê mal acostumado como o contrário pode mesmo prejudicar o seu crescimento emocional. O colo e o carinho são uma forma de alicerçar os elos criados entre pais e filhos e uma estratégia de criar adultos equilibrados e emocionalmente fortes.

Pegue o seu bebê no colo, passe tempo de qualidade com ele. Juntos irão construir para ele um futuro promissor e feliz. Nenhum bebê vai ser “mimado” por excesso de carinho e amor!

Confira abaixo no vídeo dicas sobre as melhores formas de segurar o seu bebê no colo:

Compartilhe essa dica!