Por que gravidez dá gases? E como aliviar?

A gravidez muda muito o organismo da mulher, e pode ser para pior, como no caso dos gases. Mas, tem como resolver.

Imagem: Freepik

Quem está grávida pela primeira vez, pode estranhar ao notar que a produção de gases aumenta, conforme a gestação evolui. Então, se pergunta: por que gravidez dá gases?

Publicidade

Na verdade, os gases sempre vão se formar, a vida inteira. Então, a pergunta não é por que gravidez dá gases, mas sim, por que a quantidade de gases aumenta na gravidez. Vamos ver a resposta?

Veja a seguir o motivo pelo qual os gases aumentam durante a gestação e o que pode ser feito para aliviar esse desconforto que muitas mulheres sentem até o final da gravidez.

Publicidade

Veja também: Pode Comer Batata Frita Na Gravidez?

Por que gravidez dá gases?

Um dos motivos mais comuns e que todo mundo fala sobre os gases na gravidez é que, conforme a barriga cresce, os seus órgãos internos precisam se adaptar, se “apertando” ligeiramente para dar espaço ao bebê que está crescendo em seu útero.

Mas, apenas essa mudança não é a responsável direta pelo aumento dos gases. O que acontece é, na verdade, por causa das alterações hormonais, como o aumento da progesterona que tem a função de proteger o óvulo.

Esse aumento da progesterona leva à diminuição dos movimentos intestinais, ou seja, o alimento passa mais tempo dentro do intestino sendo digerido, e isso leva à formação de mais gases do que o normal.

Publicidade

O resultado desses gases presos no intestino pode ser dor, tipo cólicas intestinais, dor na região abdominal e até prisão de ventre. Vale mencionar que o mesmo motivo do aumento da progesterona também pode dar refluxo e azia.

Então, não estranhe. Mas também não precisa só ficar no sufoco: o ideal é conversar com seu médico para ele ajudar em uma solução.

Veja também: Acupuntura na gravidez: quando é recomendado e quais os benefícios

Publicidade

O que fazer para aliviar os gases na gravidez?

Ainda bem que vivemos no mundo moderno onde há soluções para quase tudo, inclusive, para os gases que tanto incomodam na gravidez. Há opções de remédios mesmo, que o seu obstetra pode receitar, e há as tradicionais receitinhas caseiras que comprovadamente funcionam.

Remédios para gases na gravidez

Os remédios que podem ser receitados pelo médico são a simeticona, dimeticona ou carvão vegetal ativado por exemplo. Esses remédios desfazem as bolhas de gases e o desconforto alivia.

Já os remedinhos naturais que podem ajudar são chá de hortelã-pimenta e o chá de gengibre. Embora sejam chás simples, fale antes com seu médico para ter certeza se você pode tomar e a quantidade que ele recomenda ao dia.

Publicidade

Alimentação para diminuir os gases na gravidez

Avaliar a forma como você está se alimentando também é fundamental, já que diversos alimentos podem aumentar a formação de gases, como ovos, feijão e repolho. Mas, também é recomendado falar primeiro com seu médico antes de retirar qualquer alimento do cardápio, evitando problemas nutricionais.

Manter uma alimentação saudável e equilibrada, rica em fibras, como frutas frescas, pães integrais, cereais e verduras, pode facilitar o trabalho do intestino. Mas, como cada mulher tem necessidades específicas, o ideal é trocar uma ideia com o obstetra ou com um nutricionista para ajudar na escolha do cardápio.

Alguns outros cuidados que ajudam é evitar beber qualquer coisa enquanto estiver comendo, evitar bebidas com gás e evitar falar enquanto está mastigando porque, ao falar, você fica engolindo ar e isso forma gases. As gomas de mascar também fazem você engolir ar e aumentam os gases.

Publicidade

Atenção: As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Mantenha uma rotina saudável e equilibrada.

Veja também: Vitaminas para gestantes + micronutrientes essenciais