Bronquiolite: conheça os sintomas e saiba como tratar

Crianças menores de 2 anos são as mais atingidas pela doença respiratória

0
4689

A bronquiolite é uma doença que atinge os bronquíolos (parte final dos brônquios, localizados no final da traquéia) dos bebês, causada pelo VSR (Vírus Sincicial Respiratório), pelo adenovírus e pelo rinovírus. A contaminação se dá a partir de secreções respiratórias ou através do contato com outras pessoas doentes.

Um dos sintomas da bronquiolite é a falta de ar, além da desidratação.

Os principais sintomas da bronquiolite são febre alta, tosse seca e nariz escorrendo. O pior momento da doença é geralmente em torno do terceiro dia, quando a criança pode apresentar falta de ar devido à inflamação dos bronquíolos.

Relacionado: Ensine o seu filho a lavar as mãos e evite doenças perigosas

Tratando a bronquiolite

Quando a doença chega em sua forma mais branda, não havendo desconforto respiratório, é possível que o tratamento seja feito em casa, controlando a febre e mantendo o bebê hidratado, com mamadeira ou leite materno. O pediatra irá dar as indicações necessárias para o tratamento.

No entanto, se forem necessários tratamentos como hidratação, oxigenoterapia ou fisioterapia respiratória, é importante levar o bebê ao hospital.

prematuros, cardiopatas ou pneumopatas têm maiores riscos de serem hospitalizados.

Já que não existe uma vacina específica para a bronquiolite, você pode tomar precauções para evitar que seu filho fique doente: evite levá-lo a lugares muito cheios enquanto ainda for muito pequeno, mantenha em dia as vacinas, para que não exista uma mistura de infecções e fique atento ao aparecimento de qualquer um dos sintomas mencionados.

Os bebês prematuros, cardiopatas ou pneumopatas têm maiores riscos de serem hospitalizados. Converse com um médico se identificar qualquer sintoma, para que o tratamento correto seja feito.

Gostou desse artigo? Então não deixe de compartilhá-lo com suas amigas.