Policial constrange mãe por amamentar em público nos Estados Unidos

Mãe é abordada em restaurante por amamentar em público

0
1979

A norte americana Sabby Shukla foi abordada por um policial no restaurante Piggly Wiggly por ele achar que amamentar em público é desrespeitoso para com as outras pessoas no local. A reação das pessoas foi imediata, mas ela acabou indo embora.

Chocada com o que tinha acontecido, outra cliente do restaurante, que havia fotografado o abuso de autoridade e desrespeito, postou em sua rede social a imagem do policial, seu nome e contou a história.

amamentar-em-publico-regras

Esse infeliz relato vem da Georgia, nos Estados Unidos. Lá a lei não somente permite, como incentiva a amamentação de lactantes, seja em casa ou na rua.

O ato de amamentar é visto como algo natural e necessário

Mãe deve amamentar em público

Sabby Shukla afirma que estava no restaurante com seus dois filhos, um de um ano e o bebê de apenas um mês e quando foi amamentá-lo, foi abordada pelo policial que lhe pediu para parar a amamentação por estar constrangendo os clientes.

Ela afirmou que conhecia as leis e que o Estado da Geórgia permite a amamentação em público. Não satisfeito, o policial disse que se o mamilo dela aparecesse, ela seria detida.

Um absurdo, não é? Veja o desabafo dela:

relato-mae-amamentar
relato-mae-amamentar-1

Repercussão do caso

Chateada, Sabby foi embora, mas não esqueceu o assunto. Além de compartilhar nas redes sociais, ela ligou para o responsável pela polícia local e relatou o fato. Chocado, ele fez questão de retratar publicamente o ocorrido e postou a seguinte mensagem:

Tradução do facebook:

amamentar-em-publico-regras-4

Ele enviou lembretes a todos os oficiais lembrando que toda mulher tem o direito de amamentar onde quiser, sem necessidade de se cobrir.

Amamentar em público no Brasil

E aqui no Brasil? Será que a amamentação também gera polêmica? Há pouco tempo, várias mães se uniram para um “mamaço” por causa de um incidente parecido e o assunto repercutiu em todo o país.

mamaco-sp-protesto-amamentacao-amamentar-em-publico

Afinal, amamentar aqui é um direito e extremamente incentivado! É recomendado não somente pela OMS, mas em campanhas do Ministério da Saúde, que o leite materno seja o único alimento do bebê até aos 6 meses de idade.

Mesmo que mais da metade das mulheres brasileiras não tenha problemas com a amamentação em locais públicos, considerando algo natural, há muitos relatos de casos  de preconceito e intimidação por parte de outras pessoas, quando o assunto é amamentar em público.

Mas com o tempo, alguns tabus começam a entrar em desuso. Para modificar a mentalidade de uma parcela da população que ainda tem rejeição à amamentação em público, foram criadas leis que não permitem que estabelecimentos comerciais proíbam as mães de amamentar, sob pena de multa.

E você? O que acha de quem costuma amamentar em público? Compartilhe sua experiência!

Relacionado: Papa Francisco deixa fiéis sem palavras durante cerimônia de batismo