O que você diria ao seu marido sobre as mudanças pós-gravidez?

As mudanças são muitas, e o casal deve estar unido passar por elas!

0
43754

Não são poucos os casos em que os casais começam a sentir uma certa dificuldade no relacionamento durante ou após a gravidez.

Alguns homens não compreendem muito bem as mudanças hormonais e temperamentais da mulher, enquanto algumas de nós não entendem a forma como eles podem se sentir perdidos com tantas mudanças.

É comum que a vida do casal se transforme completamente durante a gestação e, mais ainda, após o nascimento do seu filho.

É a chegada de mais uma pessoa completamente dependente e que puxa para si toda a atenção da casa.

Ouvimos relatos de homens que afirmaram que suas parceiras deixaram de dar atenção à eles seja no âmbito pessoal ou sexual. E muitas mulheres disseram se sentir incomodadas com as mudanças corporais e que isso interferia nas suas relações com os companheiros, além do distanciamento e pouca colaboração dos maridos nos assuntos referentes à criação dos filhos.

Muitos casais não conseguem evitar as discussões

“A vida está estranha agora, né?

Não quero dizer que nossa vida seja estranha, como casal. Ela apenas está diferente do que estamos acostumados. Nós trabalhamos muito durante o mês e muitas vezes o salário não é suficiente. Nós temos filhos agora e eles demandam muita atenção. Às vezes, precisamos bancar os chefes mas acabamos ficando em lados opostos, com opiniões contrárias.

Por causa dessa situações, nós acabamos brigando por bobagens, como algumas decisões que os pais devem tomar ou sobre situações do dia a dia, como trocar uma fralda.

O dinheiro também é um motivo para as nossas brigas. Brigamos sobre a limpeza da casa, sobre a roupa que precisa ser lavada, sobre coisas que, às vezes, nem sabemos exatamente o porquê, mas novamente brigamos.

E eu sei o quanto isto é exaustivo. Temos muito mais compromissos que o normal. Precisamos seguir horários certos de alimentação, precisamos dar atenção às visitas dos amigos e da família, precisamos limpar o tapete todas as vezes que nossos filhos derrubam suco nele, ou todas as vezes que o relógio biológico os faz funcionar como o despertador que nos acorda às 6h da manhã.

As vezes é difícil até mesmo encontrar um momento para tomar um banho ou fazer xixi em paz. Mas então nos sentamos, um em frente ao outro, quase sempre em silêncio. E isso não significa que não temos nada para dizer, mas evitamos falar, para que outra briga não se inicie por bobagem.

Às vezes é notável que existem coisas que nós precisávamos falar um para o outro e, não é que não queiramos falar, apenas estamos cansados demais.

Eu sinto muita falta daquele carinho e proximidade que nós tínhamos. Sinto falta do tempo em que tínhamos tempo para gastar um com o outro. Mas hoje o tempo de sono e descanso parece ser muito mais atrativo que o sexo ou o carinho.

Mas quero que você saiba que eu não sou infeliz. Esta é a vida que a gente sempre sonhou. A exaustão das nossas vidas é melhor do que qualquer coisa que eu consigo imaginar, e o amor que sinto por você e nossos filhos é maior do que qualquer coisa que possa nos dar dor de cabeça.

Não há nada que me deixe mais feliz do que ver nossa família junta. O meu coração sabe que tudo que eu preciso é de você.

É preciso que haja uma compreensão mútua para que o relacionamento consiga suportar as mudanças

Você será tudo que eu preciso quando eu me sentir mal por deixar nosso filho na escola, em seu primeiro dia do jardim da infância. Você será tudo que eu vou precisar quando eles forem para a faculdade e decidirem se mudar.

Eu vou precisar de você no dia do casamento deles, quando as lágrimas insistirem em cair e é você quem vai dançar comigo nessa festa e me acalmar enquanto todas as memórias da infância deles me rodearem. Você sabe que é difícil para uma mãe saber que seu filho não é mais só dela.

No dia em que nossos compromisso diminuirem e o tempo livre for muito maior, é de você que eu vou precisar. Aquele momento em que não houverem mais gritos, nem choros, nem fraldas, nem escola, nem nossos filhos tristes porque os dinossauros do armário não são reais.

Nesse momento teremos nossos filhos apenas nos fins de semana e você irá comprar um balanço para se sentar ao meu lado na varanda. Aí então você vai segurar a minha mão e vamos dizer o quanto somos gratos por essa vida que construímos juntos.

Mas a verdadeira questão não é que eu preciso de você. É que eu realmente quero você! Quero você em cada passo do meu caminho. E se isso significar que vamos nos sentar um de frente ao outro, em silêncio, esperando essa fase ruim passar, tudo bem.

Eu faço questão de me sentar perto de você para que você perceba que eu não quero estar em nenhum outro lugar.

O segredo de um relacionamento feliz é o cuidado e carinho que um tem para com o outro

Eu amo você e vou continuar amando através dos tempos e das dificuldade. Porque o silêncio pode até ser bom, contanto que eu esteja com você.”

É uma carta emocionante, não é? E você, já pensou em conversar ou escrever uma carta para o seu esposo? As vezes isso basta para retomar a felicidade de uma relação!

Conte-nos sua história através dos comentários e lembre-se de compartilhar essa linda mensagem com suas amigas.

Relacionado: Importância do pai na gestação: conheça-a!