Conheça as novas recomendações para corte do cordão umbilical

Médicos concordam que o cordão deve demorar um pouco mais até ser cortado

0
106707

Vários membros da área de obstetrícia e ginecologia, reuniram numa conferência sobre os benefícios de esperar ate que o cordão umbilical parasse de pulsar para que fosse cortado.

“Estudos revelaram que adiar o corte traduz-se num melhor desenvolvimento do bebe.”

Esta decisão tem sido adiada desde 2012. Os especialistas consideravam que não existiam provas suficientes de que fosse viável a espera.

Os médicos da American College of Obstetricians and Gynecologists, dos EUA, lançaram a directriz principal de uma espera entre 30 segundos a 1 minuto ate ser cortado o cordão.

Uma das autoras, que respondeu as perguntas da imprensa, afirmou que existiam cada vez mais testemunhos de que era importante esta espera.

Isto e importante no que implica os sistemas fundamentais do recém-nascido, como respiração e contato com a pele.

Até então, o cordão umbilical tem sido cortado imediatamente a seguir ao nascimento para preservar a saúde da mãe.

Contudo, estudos revelaram que adiar o corte traduz-se num melhor desenvolvimento do bebe.

Abaixo fica o testemunho de uma mamãe que adiou o corte do seu cordão umbilical do seu filhote:

Compartilhe essa dica!